Maioria de leitores aprova atendimento no comércio local

271
Publicidade





Por meio da enquete nesta semana, o jornal O Progresso apurou a opinião dos leitores sobre o trabalho dos vendedores locais. Para tanto, questionou: “Como você qualifica o atendimento no comércio tatuiano?”.

A resposta “regular” foi a escolhida por 32% dos votantes. “Péssimo” ocupou a segunda colocação, com 24%, e “ruim” obteve 23%. “Bom” e “excelente” formaram a minoria, com 19% e 2% dos votos, respectivamente.

A questão foi proposta após anúncio do “combate” ao mau atendimento prestado por funcionários de empresas locais, pela nova direção da “Comissão Municipal de Empregos”.

A comissão tem à frente a presidente da ACE (Associação Comercial e Empresarial), Lucia Bonini Favorito.

Publicidade

Em entrevista a O Progresso, ela afirmou que tem plano de realizar cursos de capacitação voltados ao treinamento e aperfeiçoamento da mão de obra e de melhorar o atendimento aos clientes.

Lucia explicou que a comissão pleiteará cursos que atendam ao perfil de todos os trabalhadores – empregados ou desempregados, no comércio ou na indústria.

O primeiro foco será a capacitação dos vendedores do comércio. A presidente da comissão afirmou que a intenção é oferecer o treinamento para quem especialmente atua com o público.

Desde o sábado passado, 1º, os leitores puderam participar da enquete por meio do portal do jornal (www.oprogressodetatui.com.br), sendo possível verificar o resultado parcial.

A questão atual aborda a gestão publica. A Câmara Municipal recebeu da Secretaria da Fazenda, Finanças e Planejamento o PPA (Plano Plurianual).

O documento estabelece as diretrizes e metas que deverão ser seguidas pelo governo municipal no período de quatro anos. Com o PPA, os administradores municipais são obrigados a traçar todas as ações no período.

O Plano Plurianual apresenta as sugestões e debates levantados nas audiências públicas realizadas no período de 22 a 26 de julho, “em pontos estratégicos da cidade”.

As audiências debateram temas nas áreas de educação, segurança pública, saúde, trânsito e transporte, mobilidade urbana, infraestrutura, amparo social e meio ambiente.

Consta em material divulgado à imprensa que mais de 500 munícipes participaram dos eventos públicos.

Com o objetivo de saber qual a opinião do leitor, O Progresso questiona: “Qual área deveria ser a prioridade da gestão pública dentro do PPA?”. As respostas podem ser: “saúde”, “segurança”, “educação”, “mobilidade urbana” e “meio ambiente”.

A enquete será publicada a partir da tarde deste sábado, 7, na página principal do site do bissemanário.


Publicidade