LRF7-Tatuí promove 1º curso de arbitragem após fundação

Ação é realizada com a chancela da Federação de Futebol 7

0
Participantes do primeiro curso de arbitragem da Liga (foto: divulgação)
Da redação

A Liga Regional de Futebol 7 – LRF7 Tatuí promoveu, nos dias 20 e 21 de agosto, o primeiro curso de formação de árbitros de futebol sete. A atividade é a primeira realizada após a fundação oficial do grupo tatuiano.

A formação, realizada com chancela da Federação de Futebol 7 – São Paulo – FF7SP, teve objetivo de formar árbitros de futebol sete (society) para o quadro da federação e das ligas afiliadas, além de atualizar os já formados, sobre as novas regras da modalidade.

A aula teórica ocorreu na noite de sexta-feira, 20, na Fundação Educacional “Manoel Guedes” em Tatuí. Já a aula prática foi realizada no sábado, 21, das 9h às 12h, no conjunto esportivo “Arena Society”.

Ainda no sábado, os alunos voltaram à sala de aula da FMG para realizar a prova escrita, com duração de quatro horas. Ao todo, 14 alunos de Tatuí, Pereiras, Boituva, Conchas e Tietê concluíram o curso.

Ao final dos testes e com a aprovação, foram feitas a entrega dos certificados de conclusão do curso aos novos árbitros e representantes e do escudo da Federação Paulista de Futebol Sete aos que estão aptos, a partir de agora, a atuarem em jogos oficiais da federação.

Os ensinamentos teóricos e práticos foram ministrados pelo professor e diretor da Federação Paulista de Futebol Sete Juliano Vaz Domingues e pelo presidente da Liga do Vale do Paraíba, Dover Freitas.

Em nota à imprensa, o diretor de arbitragem da LRF7-Tatuí, Lúcio Rodrigues Junior, agradeceu aos professores e dirigentes esportivos “pela confiança na parceria com a liga de nossa cidade, que deverá incluir outras atividades futuras”.

Rodrigues Júnior agradeceu também aos alunos pela inscrição e ao diretor executivo da LRF7-Tatuí, Mauri Gonçalves (Güi), “pelo empenho na viabilização de toda a infraestrutura para a realização do curso”.

Gonçalves, por sua vez, agradeceu à Fundação Educacional “Manoel Guedes”, por meio de José Roberto Rodrigues, e ao proprietário do Arena Society, André Henrique Oliveira, “que foram muito importantes para a concretização da realização do curso”.