Inaugurada ESF “Adriana Mesquita Tibellio Mota” no Jardins de Tatuí

673
Descerramento da placa da inauguração (foto: Eduardo Domingues)
Publicidade
Da reportagem

Por meio da Secretaria Municipal de Saúde, a prefeitura inaugurou, na manhã desta terça-feira, 13, a EFS (Estratégia Saúde da Família) “Adriana Mesquita Tibellio Mota”. A nova unidade deve atender cerca de 6.600 moradores dos bairros Jardins de Tatuí, Jardim Aeroporto e áreas rurais próximas.

Fruto de convênio entre a prefeitura e o Ministério da Saúde, a ESF funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 16h, na rua João Ferraz Fiuza, sem número. O Executivo investiu, com recursos federais, R$ 310.858,16 para a edificação do prédio, que tem 235,58 metros quatros de área construída.

A cerimônia teve a presença do vice-prefeito Luiz Paulo Ribeiro da Silva, da titular da pasta, a enfermeira Tirza Luiza de Melo Meira Martins, do diretor-presidente do Tatuíprev, Rosan Paes Camargo Filho, secretários e diretores municipais, além de funcionários da nova unidade de saúde e familiares da patrona.

Com estimativa de início em outubro de 2013 e conclusão em abril de 2014, a obra foi parada e só retomada em fevereiro deste ano, após nova licitação. Segundo a prefeitura, ela estava paralisada devido a problemas com a empresa contratada, que não cumpriu o organograma de serviços.

Com a nova unidade, os moradores podem contar com atendimento por enfermeira nos Programas da Criança, da Mulher, do Adulto, Hiperdia, grupos educativos e outros, além de acompanhamento e orientações para os moradores, feitos pela equipe de agentes comunitários de saúde.

Publicidade

A estrutura da unidade da ESF conta com mais de 15 salas, incluindo: farmácia, pré-consulta, curativos, dois consultórios ginecológicos, dois consultórios clínicos, recepção, copa, esterilização, odontologia, medicação, procedimentos, inalação, almoxarifado e outras.

A O Progresso, Tirza declarou que a conclusão da ESF permite a divisão do atendimento à população da região.

“Passamos a ter três unidades de saúde: no Jardim Gonzaga, na vila Angélica e, agora, no Jardins de Tatuí. Com mais uma unidade, oferecemos mais médicos, enfermeiros e dentistas. É mais uma equipe de saúde capacitada para atender à população”, declarou.

A titular da pasta revelou que atuara como enfermeira nas UBSs (unidades básicas de saúde) da vila Angélica e do Jardim Gonzaga. Segundo ela, a ESF “fará a diferença na região, ajudando as pessoas que precisam”.

“Neste local, teremos um atendimento de promoção à saúde, prevenção e tratamento. Os moradores do bairro podem ter certeza de que serão privilegiados de ter uma unidade equipada e com profissionais capacitados, que dedicam a vida ao trabalho”, afirmou Tirza.

Ela ainda destacou a recente inauguração da UPA (unidade de pronto atendimento) e o projeto de implementação do CIR (Centro Integrado de Reabilitação), que será abrigado na unidade básica de saúde da área central (antigo Postão), a qual está passando por obras de revitalização desde o final do mês de junho.

“Possuímos alguns projetos que estão em estágio de planejamento e, nos próximos meses, teremos outras inaugurações. Passamos por um ano dificílimo, em que, além dos projetos que já tínhamos, tivemos uma pandemia, a qual ainda vivemos”, completou a secretária.

De acordo com o vice-prefeito Luiz Paulo, em 2017, a atual administração soube que toda a verba enviada pelo Ministério da Saúde para a construção da unidade de saúde havia sido utilizada na folha de pagamento de servidores públicos municipais.

Conforme Luiz Paulo, “foi necessária a realização de um amplo trabalho, junto ao Ministério da Saúde, para conclusão da construção e a validação da unidade como uma ESF”.

Ele declarou que a atual administração teve de devolver o dinheiro, encerrar o antigo convênio e aplicar recursos do município para terminar a obra.

“Devido a uma gestão mal gerida, acabamos tendo de gastar muito mais para concluir a obra. A unidade estava parecendo um esqueleto, pois haviam furtado até o madeiramento do local”, garantiu Luiz Paulo.

Ele parabenizou o empenho de Tirza e dos servidores da secretaria municipal e disse estar satisfeito com a entrega da unidade.

“Participei das inaugurações das unidades da vila Angélica, do Jardim Gonzaga e, agora, do Jardins de Tatuí. Acredito que toda essa região está bem abastecida com postos de saúde e, principalmente, com os profissionais que nós temos”, salientou o vice-prefeito.

Patrona

Adriana Mesquita Tibellio Mota, filha de Ildefonso João Tibellio e Solange Mesquita Carvalho, nasceu em 26 de junho de 1974, em Tatuí. Ela se casou com o vereador Ronaldo José da Mota (Cidadania), no dia 10 de maio de 1996, tendo três filhos: João Guilherme Mesquita Tibellio Mota, Letícia da Mota Silva e Júlia Tibellio Mota.

Adriana exerceu a profissão de esteticista e faleceu em 26 de novembro de 2017. A história de vida dela está na série “Em Busca de um Sonho”, do radialista e comunicador Eli Correa, disponível no YouTube.

A homenagem a Adriana, dando nome à ESF, foi aprovada na Câmara Municipal, em sessão extraordinária no dia 7 de setembro, pelo projeto de lei 29/19, de autoria do vereador Alexandre Grandino Teles. Posteriormente, a prefeita Maria José Vieira de Camargo sancionou a lei municipal 5.476, de 10 de setembro de 2020.

Júlia e Letícia, filhas de Adriana, estiveram na solenidade de inauguração, emocionaram-se e agradeceram a homenagem. “Minha mãe trabalhava na área de saúde. Ela se foi muito nova, mas deixou um legado, o qual queremos segui-lo”, afirmou Júlia.

“Minha irmã ainda está na escola, mas quer ser uma médica para ajudar as pessoas. Eu estou cursando odontologia e o meu sonho é ajudar o próximo”, complementou Letícia.

Publicidade