Governador anuncia R$ 360 mil para o fomento do turismo no município

Recursos deve ser investido na fase 2 do Museu da Imagem e do Som

331
Fase atual dos serviços do MIS já atinge 20% da obra (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Da reportagem

O governador João Doria autorizou na terça-feira, 25, a assinatura de convênios com 140 MITs (Municípios de Interesse Turístico) no valor de R$ 50,4 milhões. Os recursos serão utilizados para obras e melhorias de infraestrutura das cidades.

Tatuí receberá R$ 360 mil, que deverão ser aplicados na chamada “fase 2” de implantação do MIS (Museu da Imagem e do Som), no prédio do antigo matadouro, que já está sendo revitalizado para abrigar o equipamento de cultura.

O secretário do Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli, esteve no Palácio dos Bandeirantes e acompanhou o evento. Segundo ele, o recurso deve contemplar o telhado do prédio, que está sendo restaurado, e equipamentos a serem utilizados no local.

“Este era um recurso que nós já havíamos pedido para a secretaria em 2020, contudo, como a verba dos MITs acabou sendo contingenciada, por conta da pandemia, nós reapresentamos o pedido neste ano, para podermos terminar a segunda fase do MIS”, disse o secretário.

Com a autorização do governo, o projeto segue para avaliação da Secretaria Estadual de Turismo e Viagens, por meio do Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos), para formalizar o convênio e liberar os recursos.

Publicidade

“O projeto já foi aceito pelo Comtur (Conselho Municipal de Turismo) e pelo COC (Conselho de Orientação e Controle) no ano passado. Vamos reenviá-lo ao COC neste ano e creio que não haverá problema para a aprovação do recurso, já que eles aprovaram o mesmo projeto no ano passado”, comentou Sinisgalli.

A novidade é que a, partir deste ano, toda a tramitação de documentos será digital, pelo programa “SP Sem Papel”. “Este é um programa muito interessante, e também deve agilizar muito para o andamento dos processos”, destacou o secretário.

No ano passado, Tatuí foi contemplada com um recurso de R$ 373.874,11 para iniciar a o processo de implantação do MIS, com as obras de revitalização e a finalização da nova infraestrutura do prédio do antigo matadouro.

As obras para a conclusão da primeira fase do projeto foram retomadas em meados de abril deste ano, após processo de licitação que oficializou a empresa Spalla Engenharia e Construção, com sede em São Paulo, como a responsável por retomar as obras.

A revitalização do prédio do primeiro matadouro municipal (datado de 1859) começou no final de outubro de 2017. Até então, a obra do MIS estava sendo realizada com recursos próprios.

A prefeitura quer viabilizar, no novo espaço, apresentações musicais, exposições permanentes e itinerantes, entre outras ações. A obra também permitirá aos tatuianos e visitantes conhecerem um pouco mais da história da cidade.

Cassiano Sinisgalli e o secretário estadual Vinicius Lummertz, de Turismo e Viagens (foto: AI Prefeitura)

Conforme Sinisgalli, pelo menos 20% da primeira fase está concluída. “No prédio anexo, já está feita a estruturação de fundação de ferragens de vigas baldrames. Nesta quarta-feira, 26, será realizada a concretagem e, depois, iniciadas as alvenarias, levantando as paredes”, contou Sinisgalli.

A empresa tem seis meses para entregar a obra, porém, segundo o secretário, o engenheiro acredita que, se tudo correr conforme o planejado, a obra será entregue antes do prazo.

Ele reforça que a revitalização do prédio e a ativação do Museu da Imagem e do Som devem colaborar com a busca pelo título de estância turística e valorizar os pontos de visitação e atrativos turísticos já existentes.

Turismo na sala de aula

Ainda no evento desta terça, João Doria anunciou uma parceria entre as Secretarias de Educação e de Turismo e Viagens para oferta de disciplinas eletivas sobre o setor aos alunos do ensino médio e dos últimos anos do fundamental da rede pública estadual.

A iniciativa tem como objetivo aliar a educação à inovação e ao empreendedorismo, apresentando o turismo e os diversos segmentos dele como fator de desenvolvimento pessoal e profissional.

Por meio do Programa Inova Educação, serão oferecidas atividades educativas para o desenvolvimento intelectual, emocional, social e cultural dos estudantes, com disciplinas eletivas, “projeto de vida” e de tecnologia e inovação.

A Seduc alinhou três grupos de eletivas: “Expresso Turístico”, para alunos do sexto e sétimo ano; “Turismo de Natureza e Aventura”, para o oitavo e nono ano; e “Redes Turísticas”, para o ensino médio.

“Este é outro projeto muito importante anunciado pelo governo. Nós aqui de Tatuí já estamos tentando viabilizar um projeto municipal neste sentido, em parceria com a Casa Publicadora, para disponibilizar uma cartilha, para a rede de ensino, sobre o turismo”, destacou Sinisgalli.

A parceria com a Casa Publicadora ainda não foi formalizada. Segundo o secretário, uma reunião deve ser realizada ainda neste mês de maio para definir os detalhes do projeto e oficializar as ações.

“Também é muito bom saber que nossas ações estão alinhadas com o governo do estado, no sentido de trabalhar o turismo com alunos da rede de ensino. Este projeto é muito importante para mostrar a importância do setor”, concluiu o secretário.

Publicidade