Formada turma de projeto com produtores de gados leiteiros

288
Publicidade

Aconteceu na quinta-feira, 1º, a reunião de formação da primeira turma de 2018 do programa Proleite. Os produtores que participarão de atividades encontraram-se na sede do Sindicato Rural Patronal.

Também integram a turma os trabalhadores rurais que atuam na cadeia produtiva leiteira. O sindicato abriu 25 vagas para o programa, que tem como objetivo oferecer capacitação no manejo intensivo, incluindo cuidados com o pasto.

O encontro de formação teve início às 18h e faz parte do programa oferecido pelo Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) de fevereiro a novembro. A iniciativa tem como base o ensino dos princípios da viabilidade da produção de leite intensivo a pasto.

No total, são 16 módulos, que começam por planejamento e gerenciamento das propriedades leiteiras. Depois, há instruções para formação do canavial, manejo intensivo de pastagens manejo do canavial e cerca elétrica.

Os demais módulos são: irrigação de pastagem; pastagem de inverno; alimentação; cana (colheita e utilização na alimentação dos animais); sanidade; manejo de ordena e qualidade do leite; formação de pastagens; manejo de vacas e touros; de pastagens; reprodutivo; e manejo de bezerras e novilhas.

Publicidade
Publicidade