Folhas Secas

402

Folhas douradas,

salpicadas de ferrugem,

vão caindo, caindo, vagarosamente

sobre o calçamento da bela praça.

Nos braços do vento calmo

elas se despedem silenciosamente

dos galhos onde nasceram e viveram.

A calçada se transforma

em uma graciosa alfombra de folhas secas.

E eu sigo caminhando sozinho,

apreciando, com ternura e emoção,

o inefável espetáculo das folhas

flutuando ao meu redor

como que dançando a valsa de outono

na doce poesia do entardecer…