Festiva marca iní­cio de banco de cadeira de rodas do Rotary

533
Publicidade





Cristiano Mota


Membros e voluntários do Tatuí Cidade Ternura apresentam cadeiras

 

Jantar especial marcou a inauguração do Banco de Cadeira de Rodas, do Rotary Club “Tatuí Cidade Ternura”. Realizado no dia 17 de setembro, o evento de lançamento do projeto e apresentação dos equipamentos contou com presença do governador do Distrito 4620 do Rotary Internacional, Wellington Noboru Hoshino.

Publicidade

Ao todo, 14 cadeiras de rodas e um par de muletas compõem o segundo banco disponibilizado por um Rotary Club em Tatuí. O Tatuí Cidade Ternura é o segundo clube de serviços a emprestar gratuitamente cadeiras de rodas e equipamentos para pessoas que necessitem de uso, por tempo indeterminado.

O projeto é fruto de iniciativa de Rubens Leite de Paula. Eleito próximo presidente do clube, ele realizou todo o trabalho de sensibilização para recebimento de doações que permitiram a criação do banco. “Fui atrás dos amigos e dos mais chegados. Contei a história para eles e cada um fez uma doação”, disse.

Paula apresentou a proposta à atual presidente, Walkyria Beltrami, depois de ter contato com entidades de outros municípios e de sofrer um acidente. “Fiquei quatro meses andando de cadeira de rodas. Só eu sei o quanto é valioso uma ajuda, porque eu não gastei nada. Meus amigos ajudaram. Então, quero que o clube faça por outros o mesmo que fizeram por mim”, disse Paula.

O projeto recebeu “sinal verde” de Walkyria que passou a incentivar a criação do Banco de Cadeira de Rodas. A presidente assumiu em 1o de julho deste ano e permanecerá na função até o dia 1o de julho do ano que vem. Na noite de lançamento do projeto, ela explicou que a iniciativa é uma das propostas feitas pelo Rotary Internacional a todos os clubes ao redor do mundo.

O desafio aceito foi cumprido com ajuda de voluntários e passou a funcionar já em setembro. Quem necessitar de cadeira de rodas, ou de muleta, pode solicitar os equipamentos na rua Santa Terezinha, 71, na vila Santa Rosa.

O Rotary Club Tatuí Cidade Ternura tem reuniões todas às quartas-feiras, a partir das 20h30. Os empréstimos acontecem mediante assinatura de um termo de compromisso. “Quem necessitar será atendido. Não há exigências, e a pessoa fica com o equipamento enquanto precisar”, disse Walkyria.

Mais que atender a uma solicitação do Rotary Internacional, a presidente afirmou que o Banco de Cadeira de Rodas representa o cumprimento de uma das inúmeras funções sociais do clube de serviços. Além desse projeto, o Rotary fornece, para quase todo mundo, vacina contra a paralisia infantil.

“Infelizmente, faltaram cinco países para que pudéssemos erradicar a poliomielite. Não estamos conseguindo entrar em algumas nações do Oriente médio por causa de questões religiosas”, argumentou a presidente do clube local.

No evento de lançamento do projeto, Walkyria e representantes do Tatuí Cidade Ternura prestaram homenagem aos colaboradores do Banco de Cadeira de Rodas. Depois do agradecimento especial, houve menção a psicólogos, bancários, radialistas e fotógrafos pela data comemorada em setembro.

O governador do Distrito 4620 participou da série de homenagens e antecipou que a presidência do clube de serviços pretende ampliar o projeto. Conforme Hoshino, a intenção é agregar novos itens às cadeiras de rodas. Entre eles, equipamentos hospitalares e ortopédicos. “Para isso, serão desenvolvidos novos projetos que viabilizem as aquisições”, informou.

A título de controle, o Tatuí Cidade Ternura exige a apresentação de documento com foto para liberar o empréstimo. O solicitante deverá assinar um termo se comprometendo a devolver o equipamento nas mesmas condições que retirou.

O trabalho será acompanhado de perto por uma comissão, com participação de diversos rotarianos. Também contribui para a divulgação da iniciativa o relações públicas do clube, Antonio Donizeti de Jesus, conhecido com o Toninho do Del Fiol.


Publicidade