Estrutura de suporte contra Covid-19 está ‘mantida’ na cidade

316
(Imagem: Tumisu/Pixabay)
Publicidade
Da reportagem

A Secretaria Municipal de Saúde manteve a estrutura até então preparada para atendimentos de pacientes suspeitos e infectados pela Covid-19. A afirmação foi dada pela titular da pasta, a enfermeira Tirza Luiza de Melo Meira Martins, à reportagem de O Progresso.

Conforme a secretária municipal, diversas cidades do país optaram por diminuir o número de leitos de unidades de terapia intensiva e de enfermaria para o atendimento da doença.

“Nós não diminuímos. Mantivemos a estrutura pronta, tanto o ‘gripário’, para atendimento, como os leitos de UTI e de enfermaria, com médicos capacitados e realização de exames”, garantiu.

O “gripário” (ambulatório da Santa Casa de Misericórdia reservado a pessoas com sintomas relacionados à Covid-19), segundo Tirza, até a última semana de novembro, estava atendendo uma média de 120 pessoas por dia.

Tirza reconhece que o município registrou queda no número de casos positivos no mês de outubro, contudo, em novembro, a secretaria municipal notificou números crescentes de confirmações da doença.

Publicidade

“Já tivemos momentos de uma média de 60 atendimentos por dia e, atualmente, estamos com cerca de 120 atendimentos”, afirmou.

Na UTI da Santa Casa, até a semana passada, a titular da pasta disse haver manutenção média de sete a oito pacientes e, na ala de isolamento reservadas para Covid-19, média de dez a 12 pacientes.

Com base nos boletins da Vigilância Epidemiológica, divulgados pela pasta, em outubro, a cidade informou 442 novos testes positivos. Já em novembro, as confirmações saltaram para 718 casos, aumento de 62,44%.

Questionada pela reportagem se o município está enfrentando uma segunda onda de coronavírus, Tirza respondeu que o Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 está avaliando o comportamento e a quantidade de novos casos da doença.

“Temos um comitê técnico com profissionais da prefeitura e estamos sempre analisando todos os dados. Temos uma estrutura totalmente pronta e preparada para o atendimento da população”, reforçou.

Por fim, a secretária acentuou a necessidade de os munícipes respeitarem as orientações, não se aglomerando e utilizando máscaras de proteção e álcool em gel, para evitar a disseminação do vírus. “Os cuidados permanecem”, completou Tirza.

Publicidade