Escola do Senai conclui capacitação de 50 com evento no CEU das Artes

Formatura teve discurso de oradores, autoridades e entrega de certificados

4929
Vice-prefeito Luiz Paulo disse que parceria com Senai continuará em 2018 e que poderá ser expandido (foto: Cristiano Mota)
Publicidade

A Escola do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) de Tatuí concluiu, com formatura, a capacitação de 50 alunos. O encerramento aconteceu na tarde de quarta-feira, 20, no CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados) “Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires”, com familiares dos formandos e autoridades.

Participaram da cerimônia, ainda, o vice-prefeito Luiz Paulo Ribeiro da Silva e a diretora do Departamento Municipal de Gestão Pública, Tais de Oliveira. Ela representou a secretária municipal do Planejamento e Gestão Pública, Juliana Rossetto Leomil Mantovani.

Receberam certificados alunos dos cursos de eletricista de manutenção e mecânico de usinagem. As capacitações foram oferecidas pela unidade de Tatuí em parceria com a Escola “Luiz Pagliato”, do Senai, em Sorocaba. A iniciativa também envolve a Femague (Fundação Educacional “Manoel Guedes”).

Também ocupou lugar na mesa dos trabalhos Silvana Cristina Ribeiro Moreira Farrapo, coordenadora do Senai de Sorocaba. A presidente da Femague, Rosana Nochele Pontes Pereira, ainda integrou o grupo, com a gestora do Centro de Formação Educacional da Femague e coordenadora do Senai de Tatuí, Sandra Cecyn Bertrami.

Aos formandos, o vice-prefeito disse estar “muito feliz” em ver a classe com 50 alunos concluindo as respectivas formações. Na ocasião, o Senai entregou certificados a 33 alunos do curso de elétrica industrial (17 que cursaram aulas no período da manhã e 16, à tarde) e aos 17 de mecânica de usinagem convencional.

Publicidade

Para 2018, Luiz Paulo informou que a unidade em Tatuí oferecerá mais 60 vagas. E acrescentou que a administração tem a intenção de aumentar a oferta de vagas, por meio de novos cursos de capacitação, com base na perspectiva da cidade. O vice-prefeito disse estar otimista com a economia.

Ele ainda agradeceu as indústrias parceiras da unidade. Os cursos da Escola do Senai são oferecidos por meio de entendimento com empresas que absorvem a mão de obra do “Menor Aprendiz”.

Na cidade, colaboram com a unidade a FBA, a Cipatex, a Metalúrgica WA, a Cerâmica City, a Panobra Engenharia e Construção, Casa Publicadora Brasileira, Lopesco e Itakits.

“Nessas empresas, vocês (os formandos) podem ter a certeza de que terão oportunidades de trabalho”, afirmou o vice-prefeito, que parabenizou os formandos. Ele declarou que os participantes dos cursos estão “no caminho certo”, buscando qualificar-se e entrar no mercado de trabalho pela especialização.

Luiz Paulo destacou que a busca por emprego, no momento atual da economia, não tem sido tarefa fácil. Ele sustentou que, sem qualificação, a conquista pode tornar-se ainda mais difícil. “Para vocês que estão se qualificando através do Senai, dos cursos que a Prefeitura dá, é mais fácil”, adicionou.

A solenidade teve sequência com discurso de três oradores. Maria Gabriele Alves de Lima falou sobre o vínculo de amizade formado entre os alunos dos cursos e a experiência obtida por eles.

Pâmela Mariano Cassemiro lembrou momentos marcantes do ano, e exemplos dados pelos professores. Também discorreu sobre o tempo de convivência e a importância de se perseguir objetivos.

Já Isac Bispo de Marins mencionou o privilégio que os formandos tiveram de estudar em uma escola profissionalizante. Ele disse que todos os concluintes “venceram mais etapa das vidas deles” e ressaltou o conhecimento obtido.

Para a presidente da Femague, o testemunho dos alunos comprova a importância da parceria entre a instituição, a Prefeitura e o Senai, no sentido de oferecer oportunidade para os jovens. Rosana parabenizou a equipe da unidade e estendeu o cumprimento aos professores, alunos e familiares dos estudantes.

“Sozinho não se consegue nada. É por isso que deixo meus parabéns à prefeita Maria José Vieira de Camargo, ao vice e aos demais colaboradores”, disse.

A diretora da Gestão Pública ressaltou que o recebimento do certificado representava apenas uma fase que estava se encerrando, enfatizando que é preciso perseguir sempre a busca pelo aprimoramento.

Por fim, a coordenadora do Senai de Sorocaba disse que, além de um momento marcante, a formatura sintetiza toda a fase de aprendizado. Silvana citou que a etapa seguinte para os jovens será a entrada no mercado de trabalho.

Publicidade