Escola de Inovadores do “CPS” abre inscrições para projetos de startups

456
Aulas virtuais serão ministradas por professores da Fatec Tatuí (foto: arquivo O Progresso)
Publicidade
Da reportagem

O Centro Paula Souza está com inscrições abertas para a 11ª edição do programa Escola de Inovadores. Trata-se de curso de extensão de empreendedorismo gratuito, organizado pela Inova CPS, que tem como objetivo “ensinar pessoas a transformar ideias inovadoras em startups”.

Para participar, o candidato deve apresentar uma proposta de empreendedorismo, que será avaliada com base em critérios como inovação, viabilidade técnica e potencial de mercado. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até 25 de setembro, no site www.inova.cps.sp.gov.br.

Neste segundo semestre, em Tatuí, as aulas serão ministradas pelos professores da Fatec “Prof. Wilson Roberto Ribeiro de Camargo”. O início das capacitações está agendado para 10 de outubro, com término previsto para 12 de dezembro.

Esta é a quarta vez que o município recebe o programa. Fazem parte da iniciativa 57 Etecs e Fatecs de diferentes localidades. No momento da inscrição, o interessado deve escolher a unidade mais próxima da residência dele.

Serão selecionadas de 15 a 20 propostas – com até três integrantes cada uma – por unidade. A lista de aprovados será divulgada no dia 30.

Publicidade

A agente de inovação da região de Sorocaba, Rosana Bertila Giacomazzi, ressalta que o curso é pertencente às escolas técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do grupo. Assim, além de alunos e professores, quaisquer pessoas que queiram tirar um projeto de negócios do papel podem candidatar-se a uma das vagas.

O projeto de empreendedorismo será avaliado por um comitê composto por membros da unidade CPS, empresários e agente de inovação do Inova CPS, com base em critérios como inovação, viabilidade técnica e potencial mercadológico.

Rosana destaca que a novidade deste segundo semestre é o lançamento do Programa Trilha do Empreendedorismo e Inovação, que apresenta o portal Vitrine Inova CPS com os 50 melhores projetos de negócios desenvolvidos na última edição do curso, para serem conhecidos e avaliados por mentores, investidores e possíveis parceiros.

As dez iniciativas de maior destaque participam também do Acelera Inova CPS, um programa intensivo de aceleração com apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em São Paulo (Sebrae-SP).

Conforme a agente, as atividades da Escola de Inovadores são realizadas por meio de uma plataforma de aprendizagem virtual. O curso online tem duração de 40 horas, distribuídas em dez aulas semanais, em formato de webinar, ministradas por professores do CPS.

Os alunos receberão as oficinas sobre comportamento empreendedor: “Canvas – Modelo de Negócios”, “Design Thinking e Prototipagem”, “Legislação e Proteção Empresarial”, “Tecnologia Aplicada aos Negócios”, “Fontes de Financiamento para Startups”, “Visão de Finanças e Mercado”, “Marketing em Startups, Pitch” e “Clínica de Negócios”.

“Neste segundo semestre, tudo será feito online. Teremos mentorias virtuais, encontros para falar dos projetos e webinar com os melhores profissionais do mercado para falar de empreendedorismo”, completou a agente.

Rosana conta que o décimo encontro é marcado por um “balcão de mentorias”, no qual os participantes poderão receber consultorias de profissionais na construção dos planos de negócios.

Ao final do curso, acontece o “Demo Day”, no qual as propostas de startups serão apresentadas a empresários, instituições do poder público e representantes de ambientes de inovação, como incubadoras, parques tecnológicos e espaços de coworking, com o intuito de gerar parcerias e oportunidades de negócios.

As 50 melhores propostas serão convidadas para compor a Vitrine Inova CPS e participar do processo de seleção para o Acelera Inova CPS.

Publicidade