Empreendedor Transformador’ vai além do dinheiro, sustenta a One7

93
Publicidade
Da reportagem

A primeira edição do programa “Empreendedor Transformador”, lançado no dia 9 de fevereiro a partir de parceria entre a prefeitura – por meio da Secretaria de Trabalho, Planejamento e Gestão Pública – a One7 e o Sebrae-SP, segue com inscrições abertas até 9 de março.

De acordo o empresário João Paulo Fiuza, CEO da One7 (plataforma de serviços financeiros idealizadora do programa), a iniciativa visa apoiar, na prática, “as mudanças necessárias para microempreendedores, de qualquer idade, reinventarem seus modelos de negócio ao ponto de alcançarem o crescimento sustentável”.

O formato é uma competição de negócios gratuita, que terá início no dia 19 de março e premiará, com R$ 25 mil, o microempresário que apresentar, ao final de um circuito de conhecimento, o modelo de negócio “mais transformador”.

Sete microempreendedores serão selecionados pela One7 e pela prefeitura para participar, durante um mês (19 de março a 16 de abril), de um circuito semanal de visitas, bate-papos e mentoria com empresários. Porém, apenas um será selecionado como “Empreendedor Transformador”, levando R$ R$ 25 mil para o caixa da microempresa.

Fiuza enfatizou que o programa vai além do prêmio financeiro. Ele lembra que o vencedor ganhará uma bolsa no programa “Empretec”, do Sebrae, “além de passar por experiências transformadoras”.

Publicidade

“Não queremos simplesmente doar o dinheiro para o vencedor, queremos ajudar essas empresas de forma ampla, desde a análise do plano de negócios até a inserção no mercado, oferecendo cursos de capacitação e um pouco da nossa experiência”, detalhou o empresário.

Conforme Fiuza, a iniciativa de incentivo aos microempresários faz parte do propósito social da One7, que visa “dar oportunidade aos pequenos negócios e colaborar, de forma geral, com a comunidade local”.

“Da mesma forma que tivemos uma ideia inovadora e temos ganhado espaço no mercado, sentimos que, de alguma forma, temos que devolver isso para a sociedade. Queremos incentivar os microempresários e compartilhar um pouco do nosso aprendizado”, acentuou o CEO.

Para o desenvolvimento do programa, Fiuza aponta ter sido importante a parceria com a prefeitura, por meio da Secretaria de Trabalho, Planejamento e Gestão Pública, e com o Sebrae.

“Nós queremos mudar a realidade da nossa cidade por meio de ações concretas, mas a empresa não conseguiria fazer tudo isso sozinha. As parcerias foram essenciais e trouxeram muitas ideias para que o programa seja realmente transformador”, enfatizou o empresário.

Todos os microempreendedores que tenham empresas ativas, com CNPJ e registradas na prefeitura, estão aptos a concorrer. “Uma boa comunicação, entusiasmo e aderência ao perfil do programa são diferenciais competitivos”, indicou Fiuza.

Para se candidatar, é preciso cumprir três etapas. Na primeira fase, o candidato deve gravar um vídeo de um minuto, respondendo “como o programa Empreendedor Transformador pode mudar a história de sua empresa?”, e postá-lo em um Instagram com perfil público, marcando a One7 e a prefeitura de Tatuí.

Na segunda fase, o interessado deve preencher o formulário de inscrição online, no http://bit.ly/2MyPn9K, com dados pessoais (nome, CPF, data de nascimento, endereço e telefone) e responder a um questionário.

No terceiro passo, é necessário ter concluído o programa “Enfrentar – 5 Ações para Combater a Crise”, do Sebrae. O edital do programa enfatiza que a não realização de qualquer uma das etapas desclassificará automaticamente o candidato.

Para os microempreendedores que ainda não contavam com certificação do programa “Enfrentar”, o Sebrae abriu uma nova turma. O curso começou na segunda-feira, 22, e seria realizado de forma online até esta sexta-feira, 26.

Após esta primeira fase, sete microempreendedores serão selecionados pela One7 e pela prefeitura para participarem, gratuitamente, entre os dias 19 de março e 16 de abril, de um circuito semanal de visitas em empresas referências na região.

Estão inclusos, também, bate-papos e mentoria com “empresários inspiradores, capazes de transformar e de adaptar negócios de forma ágil e eficiente, em especial nos cenários mais desafiadores”, ressalta o edital do programa.

Os selecionados também contarão com o apoio do Sebrae para desenvolver e apresentar um plano “transformador de suas empresas”, no último dia do programa.

O acesso gratuito à imersão de aprendizado (ao vivo e online) será um preparo para concorrer ao prêmio final de R$ 25 mil, transferidos pela One7 à conta da microempresa vencedora.

O plano transformador precisará detalhar quais estratégias serão desenvolvidas nos próximos seis meses para aumentar as vendas do negócio, conquistar visibilidade positiva junto ao público consumidor e manter o fluxo de caixa saudável, usando os R$ 25 mil de prêmio do programa com o conhecimento adquirido.

O vitorioso será o microempreendedor que apresentar o plano mais “promissor”, de acordo com a experiência e a opinião de presidentes de empresas referência em suas áreas de atuação, que votarão no último dia do programa.

Serão cinco votos no total: um do CEO da One7, três dos presidentes das empresas participantes do programa (Rede Caetano, 7IT e Sítio do Carroção) e um de um representante da prefeitura de Tatuí.

Uma banca formada por especialistas de diferentes áreas – da One7 (finanças, recursos humanos e marketing), da prefeitura e do Sebrae – avaliará os projetos sete dias antes da final.

“Estamos mais que empolgados com esta empreitada, estamos felizes em poder contribuir com quem tem mais que uma boa ideia, mas tem também sede de conhecimento e muita garra para colocar planos em ação!”, acrescentou Fiuza.

O anúncio do ganhador está previsto para o dia 16 de abril. “Queremos cada vez mais proporcionar este tipo de movimento, para que também possamos servir de inspiração para outras empresas e para novos programas deste tipo”, declarou o empresário.

O diretor municipal de trabalho e desenvolvimento econômico, Gustavo Grando, salientou que a proposta do programa vai ao encontro dos objetivos da pasta, que, neste ano, tem uma agenda voltada ao empreendedorismo.

“Queremos que todos tenham acesso a conteúdos inspiradores, aprendizado e mais oportunidades para criar, fazer seu negócio decolar, e conseguimos unir neste projeto a One7 e o Sebrae, duas instituições sérias e que acreditam nos empreendedores”, destacou o diretor.

“A prefeitura continuará com este importante trabalho, e contando com parcerias tão promissoras quanto essas. A nossa agenda para 2021 é o empreendedorismo, é ele que vai gerar renda e mais empregos”, concluiu Grando.

Publicidade