Doria destina quase R$ 50 milhões a Tatuí

1261
Doria participa de cerimônia de inauguração do novo Complexo Educacional 'Professor Acassil José de Oliveira Camargo' (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Da reportagem

O governador do estado de São Paulo, João Doria, afirmou que destinará quase R$ 50 milhões em recursos para a cidade. Desse valor, seriam R$ 10 milhões para a Educação, R$ 4 milhões para recapeamento asfáltico e mais de R$ 35 milhões para a construção de um novo trevo de acesso na SP-127.

O anúncio foi feito no sábado, 15, durante a cerimônia de inauguração do Complexo Educacional “Acassil José de Oliveira Camargo”, no bairro Nova Tatuí, nova sede do projeto “Ayrton Senna da Silva”.

A cerimônia contou com apresentação da Big Band do Conservatório de Tatuí e também marcou o descerramento da placa inaugural do estúdio de gravação da Fatec (Faculdade de Tecnologia do Estado de Tatuí) “Professor Wilson Roberto Ribeiro de Camargo” (reportagem nesta edição).

Estiverem presentes secretários estaduais, a prefeita Maria José Vieira de Camargo, o vice-prefeito Luiz Paulo Ribeiro da Silva, o ex-prefeito e atual assessor parlamentar Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, secretários, diretores, vereadores e prefeitos da região, além do empresário Leonardo Senna (irmão do piloto Ayrton Senna) e da família Oliveira Camargo.

Em discurso, após agradecer e elencar as autoridades presentes, Doria chamou à frente o presidente da CCR SPVias, José Salim Kallab Fraiha, para anunciar a construção de um novo acesso a Tatuí, a partir do quilômetro 110 da SP-127, no entroncamento da SP-129.

Publicidade

“Kallab, você tem uma responsabilidade aqui junto com o governo do estado de São Paulo, e nós vamos nos preparar para fazer o trevo que eles estão precisando aqui. É uma demanda de mais de 20 anos, e nós vamos fazer para Tatuí”, assegurou o governador.

Ele garantiu que deverá enviar à cidade o secretário estadual do Transporte e Logística, João Octaviano Machado Neto, para tratar do assunto com a prefeita e definir o projeto e o início da obra.

Ainda durante o evento, o governador anunciou a construção de uma escola de ensino médio para o Jardim Santa Rita de Cássia. Atualmente, a região não conta com o serviço, levando os alunos a serem encaminhados a escolas do centro da cidade.

“Acabo de orientar o nosso secretário Marco Vinholi, que está aqui, e nos vamos liberar R$ 10 milhões para a escola de ensino médio do Jardim Santa Rita. A educação vem acima de tudo, essa é uma grande conquista. Asfalto é bom, trevo é bom, mas a educação é ótima. É isso que muda a história de um povo e de uma nação”, declarou Doria.

O governador ainda oficializou convênio firmado em dezembro com a prefeitura para a transferência de recursos do estado destinados à execução de mais de 119 mil metros quadrados de recapeamento asfáltico, que somam R$ 5,2 milhões em investimentos.

Do total do convênio, R$ 4 milhões são de responsabilidade do estado e o restante, da prefeitura. O prazo para a execução do convênio é de 720 dias, contados a partir da data de assinatura, em 26 de dezembro de 2019.

“Nosso governo é municipalista. Acredito que um bom governo é descentralizado e participativo. É assim que trabalhamos”, afirmou Doria.

À imprensa, o governador não deu mais informações sobre a construção do novo trevo, porém, informou que, posteriormente, fará um anúncio específico, com mais detalhes do processo e das obras.

“Já assumi um compromisso com a prefeita. Ainda temos um caminho pela frente, mas posso assegurar que, ainda no meu governo, as obras deste trevo serão iniciadas e quem sabe até concluídas. É um sonho de mais de 15 anos de Tatuí, e nós vamos atender”, reiterou Doria.

Sobre a escola, o governador informou que o recurso será liberado em 90 dias. “A partir daí, é com a prefeitura; começa o processo de licitação da obra e o cronograma para a entrega”, disse Doria.

“Fico muito feliz de vir aqui anunciar novos recursos para Tatuí. A cidade terá uma nova escola pública, com o melhor padrão de qualidade que a unidade de educação integral vai poder oferecer à população”, asseverou.

“Sem educação de qualidade, nós não vamos transformar o Brasil em uma grande nação. Emprego e educação são o binômio do progresso, e essas são as prioridades do governo do estado de São Paulo”, completou Doria.

Quanto ao recapeamento, o governador reforçou que os serviços serão realizados em mais de 40 ruas. O município já está licitando a contratação da obra, incluindo mais de 970 metros da rua Teófilo Andrade Gama, no trecho a partir da rua Juvenal de Campos, e ruas dos bairros Rosa Garcia, vila Angélica, Jardim Thomaz Guedes, Inocoop e vila Brasil.

“O recapeamento ajuda a mobilidade, facilita o trabalho de ir e vir, aqueles que usam o transporte como forma de trabalho, os aplicativos, motoristas de taxis, ônibus e vans, e ajuda também no descolamento das pessoas que, ao visitarem parentes, amigos, ou pelo turismo, querem vias sem solavancos”, completou o governador.

Complexo educacional

Além dos recursos anunciados, a cerimônia foi marcada pelo descerramento da placa inaugural do Complexo Educacional “Professor Acassil José de Oliveira Camargo”, que abriga a ampliação do projeto Ayrton Senna da Silva, na avenida Virgílio Montezzo Filho, no bairro Nova Tatuí.

A área é de 6.873 metros quadrados, com 1.646 metros quadrados de área construída. A proposta é atender 800 crianças do ensino fundamental I (1º ao 5º ano) no contraturno escolar e, ainda, oferecer atividades e oficinas abertas à comunidade, no período da noite, podendo totalizar mais de 1.200 atendimentos diários.

No imóvel, foram investidos mais de R$ 4 milhões, com recursos do município. O espaço soma ginásio de esportes, campo de futebol, área de lazer com piscina e 11 salas internas. Serão 14 oficinas, entre elas, de letramento, leitura, informática, robótica, lógica e experiências matemáticas, natação e outros esportes, educação artística, recreação, meio ambiente e música.

A intenção da Secretaria Municipal de Educação é oferecer, ainda, oficinas abertas à comunidade, com aulas voltadas aos alunos que não podem comparecer ao local nos períodos do contraturno, conforme antecipado pelo secretário da Educação, Miguel Lopes Cardoso Júnior.

A O Progresso, Cardoso informou que, com o novo espaço, as atividades que funcionavam em contraturno escolar no Nebam “Ayrton Senna” e na Emef “Prof. Eunice Pereira de Camargo”, no Jardins de Tatuí, serão transferidas para o complexo. Além disso, será possível aumentar o número de oficinas, de alunos atendidos e das vagas do ensino fundamental I e II.

O secretário explicou que a prioridade será dada aos alunos que já frequentam os projetos sociais. Posteriormente, as vagas remanescentes serão distribuídas aos outros estudantes da rede municipal.

Os critérios para a seleção dos alunos que poderão ocupar as vagas remanescentes ainda serão estabelecidos pela Secretaria de Educação, por meio da equipe de supervisão do novo espaço.

Com o novo complexo, a Educação tatuiana ainda vai ter mudanças em várias escolas, principalmente na região da vila Angélica e no Nebam. O gestor explica que a Emef “Eunice”, que até 2019 oferecia aulas de ensino fundamental I no período da manhã e oficinas à tarde, passará a atender estudantes do fundamental II (6º ao 9º ano) nos dois períodos.

Já a Emef “Professora Lígia Vieira de Camargo Del Fiol”, na vila Angélica – que atendia alunos do 1º ao 5º ano de manhã e 6º ao 9º ano à tarde – atenderá, a partir deste ano, os estudantes do ensino fundamental I nos dois períodos.

Ele ainda apontou que haverá mudanças no atendimento dos alunos que estudavam no Nebam, no centro da cidade. Até 2019, a escola oferecia apenas o ensino fundamental II e, neste ano, também passará a contar com aulas do fundamental I.

“Com a saída das crianças do projeto do Nebam para o projeto novo, a gente vai ampliar o número de salas disponíveis, pois essas cinco salas que eram do projeto serão usadas para as aulas”, acrescentou Cardoso.

Segundo ele, no Complexo Educacional, também serão realizadas oficinas em dois períodos para as crianças, unindo os estudantes do projeto de contraturno do Nebam e da Emef “Eunice”.

“Vamos manter os projetos em funcionamento, porém, nós ampliamos a estrutura deles com mais oficinas e muito mais aprendizado, para realmente atender o nosso grande objetivo, que é humanizar o ensino e preparar as crianças para o futuro”, declarou Cardoso.

O secretário enfatizou que as atividades realizadas em contraturno escolar podem ajudar no processo de desenvolvimento dos participantes, não só como alunos, mas melhorando o desempenho escolar e a formação do “ser humano”.

As atividades em contraturno são uma extensão do aprendizado da criança, ou seja, a escola e até a secretaria complementam o ensino por meio da inclusão de matérias e oficinas na grade extracurricular.

Conforme o secretário, a rotina do contraturno deve ser planejada com contextos de investigação organizados intencionalmente pelos educadores, atividades artísticas, propostas de movimento, musicalização, teatro, momentos de brincar, horta, propostas com linguagem e experimentações sensoriais.

“Tudo foi preparado com muito carinho, respeito e, principalmente, com o dedo da nossa prefeita, que é professora, tem um olhar especial pelas crianças da rede. Tenho certeza que esta inauguração é um divisor de águas e que nossa educação será outra depois deste novo complexo”, reforçou o secretário.

As atividades do espaço começam neste dia 27. Segundo Cardoso, serão realizadas reuniões com todos os pais e responsáveis. “A intenção é mostrar o espaço, pedir a participação deles dentro do ambiente escolar e acompanhamento dia a dia dos filhos”, antecipou.

A prefeita argumentou que a inauguração do complexo representa “grandes avanços na Educação”. Ela ainda agradeceu a presença do empresário Leonardo Senna e as parcerias do instituto (mantido pela família Senna) com a prefeitura.

“Com o Instituto Ayrton Senna, estamos melhorando nossos índices de educação e, hoje, ampliando este projeto, vamos trazer grandes resultados e bons cidadãos, pois aqui já sairão com direcionamento vocacional”, acentuou Maria José.

Após o discurso das autoridades locais, Doria recebeu uma caixa de doces da prefeita, simbolizando a Terra dos Doces Caseiros, e o diretor do Conservatório de Tatuí, Ary Araújo Júnior, entregou ao governador um violino confeccionado por alunos do curso de luteria da escola, representando a Capital da Música.

Logo após a entrega, o governador encerrou a cerimônia enfatizando que o complexo, com a estrutura que possui, é um dos únicos do estado. Ele também elencou as oficinas oferecidas e finalizou: “isso é um balsamo, é muito bom para os jovens e para crianças aqui de Tatuí”.

Denominação

A denominação do espaço público foi de autoria do vereador Antonio Marcos de Abreu (PL) e aprovada na sessão ordinária da Câmara Municipal ocorrida na no dia 11.

Nos anos 80, o professor Acassil José de Oliveira Camargo foi o idealizador do Projeto Alfa, justamente para complementar as atividades escolares no contraturno, com oficinas.

Durante alguns anos, o Projeto Alfa funcionou nas dependências do Complexo Esportivo “Magalhães Padilha”.

Na gestão do ex-prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, o Projeto Alfa passou a ser administrado pela Secretaria Municipal de Educação e a denominar-se Projeto Ayrton Senna da Silva.

“É uma data muito importante para a gente. É uma perpetuação do nome do meu pai que vai ficar em um projeto maravilhoso, em um espaço maravilhoso; é um projeto que começou com ele e tem a cara dele, com uma modernidade educacional”, declarou o empresário Acassil José de Oliveira Camargo Júnior.

Publicidade