Dengue tem queda de contágio por 2 dias

Maior redução foi de 69%; em novo salto,doença atinge quase 1% da cidade em 4 dias

452
Publicidade
Da redação

A dengue registrou uma trégua passageira no fim da semana passada. Entre os dias 10 e 11, o número de confirmações de contágio caiu em percentuais variados. A maior redução ocorreu na comparação entre a sexta-feira, 9, e o sábado, 10. Os casos no município passaram de 461 para 139, uma queda de 69,85%.

Já no comparativo entre o sábado e o domingo, a redução ficou bem abaixo: não atingiu o patamar de 1%. De acordo com os boletins divulgados pela VE (Vigilância Epidemiológica), as confirmações passaram de 139 para 138, de um dia para outro, portanto, um caso a menos e queda tímida de 0,72%.

Apesar do “arrefecimento”, o número de pessoas que testaram positivo para a dengue cresceu no começo da semana. Na segunda, data da divulgação do boletim epidemiológico com dados compilados do domingo, a quantidade de positivados na cidade subiu vertiginosamente, de 138 para 466, aumento de 237,68%.

Os dados apontam que nos últimos quadro dias, a doença atingiu quase 1% da população da cidade. De domingo a terça-feira, 13, o órgão municipal registrou 1.204 novos casos no município, equivalente a 0,98% da população tatuiana, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A estimativa mais recente se refere ao contingente calculado até 1° de julho de 2020, publicada no DOU (Diário Oficial da União), em 27 de agosto daquele ano.

Até sexta-feira da semana passada, 10, a cidade somava 13.375 casos. Já os novos 1.204 moradores contaminados até esta terça – média diária de 301 confirmações, ou seja, 12,54 casos de dengue por hora -, representam um aumento de 9% em comparação ao período anterior.

Publicidade

Na manhã de sábado, 10, a VE publicou relatório com dados referentes à sexta-feira, 9, informando um total de 461 novas infecções. O boletim do dia seguinte registrou mais 139 casos confirmados de dengue.

Na segunda-feira, 12, atualizado com dados do dia anterior, notificou mais 138 moradores infectados. Conforme divulgado pela VE, no boletim mais recente, de terça-feira, 13, somente no dia anterior, mais 466 casos da doença haviam sido confirmados.

Conforme o setor, a maioria dos casos é autóctone (contraídos no município). Até fevereiro, os contágios ocorriam de maneira concentrada na região do Jardim Santa Rita de Cássia. Contudo, a VE informa que os casos positivos não estão mais concentrados no bairro, com registros em toda a cidade.

Este é o ano com maior número de casos autóctones da doença, conforme apontam as fichas epidemiológicas da Vigilância Epidemiológica, abordando o período de 1992 a 2021.

O índice de casos deste ano já é 4.542,99% maior que a totalidade de 2020, quando se somaram 314 infectados entre janeiro e dezembro – 152 contaminações a menos que as informadas somente na terça-feira, 13.

Por meio de nota, a secretária da saúde, Tirza Luiza de Melo Meira Martins, reforça que todas as pessoas que apresentarem febre, acompanhada de pelo menos dois sintomas, como: náuseas, vômitos, manchas avermelhadas pelo corpo, dor nas articulações, dor de cabeça ou dor no fundo dos olhos, devem procurar atendimento médico.

Como a unidade de atendimento à dengue (dengário) está desativada, desde o dia 29 de março, os pacientes com sintomas são recebidos nos postos de saúde que estão em funcionamento apenas na zona urbana. No período noturno e aos finais de semana, é necessário procurar a unidade de pronto atendimento.

No comunicado, a prefeitura reforça o pedido da colaboração de todos os cidadãos quanto à limpeza e manutenção de terrenos e residências. Salienta ainda que as denúncias podem ser feitas pelos telefones (15) 3259-8428 ou 3259-8463, ou ainda na ouvidoria virtual pelo endereço: http://tatui.sp.gov.br/ouvidoria.

Nebulização

A prefeitura, através do setor de combate à dengue, da pasta da Saúde, continua realizando a nebulização “pesada” para o combate à dengue em diversos bairros da cidade. Entre quarta-feira e sexta-feira, 7 e 9, o fumacê foi aplicado em 12 bairros.

Conforme divulgado pelo departamento de comunicação da prefeitura, apenas na noite desta terça-feira, 13, seria realizada a nebulização em 11 bairros. São eles: Morro Grande; Santa Adélia; Jardins de Tatuí, Jardim Tóquio, Parque Marajoara, Jardim Gonzaga, Jardim Juliana, Jardim Aeroporto, as vilas Cesp, Bandeirantes e Angélica.

Publicidade