Dengue atinge queda de quase 40% no início da semana com 230 casos

Em 130 dias, município tem média de 149,6 confirmações diárias da doença

225
Prefeitura realiza operação cata-treco
Publicidade
Da redação

O novo boletim da Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria de Saúde, divulgado nesta terça-feira, 11, com dados referentes à segunda-feira, 20, apontou redução de 149 casos da doença no início desta semana.

Até sexta-feira da semana passada, 7, a cidade havia somado 19.230 casos. Já nesta terça-feira, 11, a VE informou ter totalizado 19.460 moradores com exames positivos para a doença, o que representa redução de 39,3% nos casos nos quatro dias recentes.

No sábado, 8, no período da manhã, o órgão divulgou relatório com dados referentes ao dia anterior, indicando ter confirmado mais 89 casos da doença.

No boletim publicado no domingo, 9, a VE informou ter registrado 16 novas infecções no sábado, 1º. Na segunda-feira, 10, o órgão da pasta de Saúde informou ter notificado 20 exames positivos no domingo, 9. Já na terça-feira, 11, houve a confirmação de mais 108 casos.

No período, a média diária foi de 57,5 confirmações diárias. Desde janeiro de 2021, o órgão recebeu 19.460 notificações de pessoas com suspeita da doença, média de 149,6 casos positivos por dia.

Publicidade

Na semana anterior, de 30 de abril a 4 de maio, o órgão havia notificado: 108 infecções no sábado, 30 de abril; 34 no domingo, 2; 56 no dia seguinte; e 181 na terça-feira, totalizando 379 casos.

O índice soma todos os pacientes que receberam atendimento na UPA (unidade de pronto atendimento), no hospital da Unimed e nas unidades básicas de saúde.

A secretária da Saúde, Tirza Luiza de Melo Meira Martins, reforça que todas as pessoas que apresentarem febre, acompanhada de pelo menos dois sintomas, como náuseas, vômitos, manchas avermelhadas pelo corpo, dor nas articulações, dor de cabeça ou dor no fundo dos olhos, devem procurar atendimento médico.

A prefeitura ainda pede a colaboração de todos quanto à limpeza e manutenção de terrenos e residências, e salienta que as denúncias podem ser feitas pelos telefones (15) 3259-8428 ou 3259-8463, ou ainda na ouvidoria virtual pelo: http://tatui.sp.gov.br/ouvidoria.

Publicidade