Coronavírus tem quedas pela 3ª semana

Saúde volta a registrar reduções nos números de infecções e de óbitos pela doença

487
Publicidade
Da redação

O balanço semanal da Covid-19 no município indicou reduções simultâneas, pela segunda semana consecutiva, tanto de novos casos quanto de óbitos em decorrência da doença.

Conforme dados atualizados pela Vigilância Epidemiológica, órgão pertencente à Secretaria Municipal de Saúde, nos sete dias mais recentes, referentes a sábado, 24 de abril, até esta sexta-feira, 30, foram informados 12 falecimentos provocados pelo novo coronavírus na cidade.

Em comparativo com a semana anterior, de 17 a 23 de abril, quando o órgão municipal notificou 17 óbitos, as cinco mortes a menos no atual período representam redução de 29,41%.

Já em relação à semana com o maior número de óbitos em decorrência da doença desde o início da pandemia, em março de 2020, registrada entre os dias 3 e 9 desse mês, quando a VE confirmou 34 mortes pela doença, a redução é de 64,70%.

Até terça-feira, 27 de abril, a cidade somava 272 vítimas fatais do novo coronavírus, com a doença ainda matando mais homens que mulheres. Ao todo, 124 mulheres (90 na faixa dos 60 anos e 34 entre 29 e 59 anos) e 148 homens (109 acima dos 60 anos e 39 entre 29 e 59 anos) haviam falecido.

Publicidade

No dia seguinte, quarta-feira, 28 de abril, o órgão municipal comunicou a morte de um idoso de 78 anos, que falecera na segunda-feira, 26 de abril, às 23h10. Segundo informado no relatório, a vítima morreu durante internação na unidade de terapia intensiva da Santa Casa de Misericórdia.

Nos dois boletins mais recentes, divulgados pela VE na quinta-feira e sexta-feira, 29 e 30 de abril, não foram informados óbitos em virtude da doença. Desta forma, Tatuí deixou de registrar mortes em um período de 24 horas após dez dias consecutivos – o último relatório sem notificar mortes foi publicado no dia 18 de abril.

Com uma morte notificada nos três dias mais recentes, Tatuí havia contabilizado, até esta sexta-feira, 273 vítimas fatais do novo coronavírus, sendo 124 mulheres (90 na faixa dos 60 anos e 34 entre 29 e 59 anos) e 149 homens (110 acima dos 60 anos e 39 entre 29 e 59 anos).

Os números representam taxa de 2,53% de letalidade – índice calculado pelo número de óbitos em comparação à quantidade total de casos confirmados de infecção.

Simultaneamente à redução de óbitos, o município também voltou a registrar queda na curva de contaminações da doença, pela quarta semana consecutiva, nos sete dias mais recentes, culminando em diminuição de 10,75% em comparação à semana anterior.

No período mais recente, o órgão da Secretaria Municipal de Saúde informou ter contabilizado mais 307 moradores com resultados positivos, enquanto, na semana anterior, foram confirmados 344 casos de Covid-19.

Em relação ao pico de infecções até o momento (entre os dias 27 de março e 2 de abril deste ano), quando 648 casos foram notificados, a redução é de 52,62%.

A média de diagnósticos da doença, entre sábado e esta sexta-feira, foi de 43,86 infectados por dia e 1,83 por hora. Durante esse período, a cidade somou 1.173 novas notificações da doença, confirmou 307 e descartou 858.

Até terça-feira, 27 de abril (data de fechamento da edição anterior), Tatuí havia registrado 42.438 notificações da doença, sendo três casos suspeitos, 31.823 descartados e 10.612 positivos.

Na quarta-feira, 28 de abril, além do óbito, o órgão confirmou 58 novos casos, além de 233 suspeitas e 170 descartes. No dia seguinte, houve o registro de mais 61 casos positivos, 175 suspeitos e 109 descartados. E nesta sexta-feira, foram notificados 49 casos positivos, 165 suspeitos e 113 descartados.

De acordo com o boletim epidemiológico mais recente, atualizado por volta das 9h40 de sexta-feira, Tatuí havia atingido 43.011 notificações da doença, sendo 16 casos suspeitos aguardando resultado dos testes, 32.215 descartados e 10.780 positivos.

Dos confirmados, 10.229 pacientes já estavam recuperados e 278 ainda permaneciam em tratamento: 58 em hospitais e 220 em isolamento domiciliar. Dos casos suspeitos, 16 seguiam em tratamento: dois em hospitais e 14 em casa.

Como agravante, a ocupação dos leitos da unidade de terapia intensiva, destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19 ou suspeita da doença, mantinha-se com lotação acima de 100%, desde o dia 3 de março – ou seja, por 59 dias consecutivos.

Conforme a pasta da Saúde, a situação é a mesma na ala clínica reservada aos pacientes da Covid-19. No espaço, os leitos estavam com lotação máxima desde o dia 12 de março – por 50 dias seguidos.

O órgão afirma que a Santa Casa tem capacidade para dez leitos de UTI, no entanto, devido à ampliação de atendimento, estavam internados 13 pacientes com Covid-19 na UTI – taxa de ocupação de 130%.

A VE ainda informa que os leitos clínicos para tratamento de Covid-19 no hospital público comportam 22 pacientes. Porém, em virtude da ampliação de leitos, estavam internados 28 pacientes, culminando em taxa de ocupação de 127%.

No hospital particular, estavam internados 18 pacientes, sendo nove na UTI, com quadros que inspiravam cuidados, e nove no isolamento, com quadros estáveis.

Vacinação em Tatuí

O órgão da Secretaria de Saúde ainda informou ter aplicado, até às 9h de sexta-feira, 30 de abril, 31.061 doses das vacinas Coronavac e da Oxford/AstraZeneca, das quais 19.840 são referentes à primeira dose e 11.221, à segunda.

De acordo com a VE, somente na quinta-feira, 29 de abril, foram aplicadas 355 doses da vacina, sendo 298 da primeira dose e 57 da segunda.

Entre elas, a primeira dose em 288 idosos e dez profissionais da Saúde, enquanto 29 idosos e 28 profissionais da área receberam o imunizante referente à segunda dose.

Publicidade