Contação de histórias é tema de projeto que chega a Tatuí

311
Publicidade





AC Prefeitura / Evandro Ananias

Carmelina atenderá professores e alunos da rede pública de ensino

 

Nesta sexta-feira, 16, a partir das 8h30, começa em Tatuí o projeto “Passa Balaio Trançado de Sonhos”, na Pré-escola “Professora Benedita Pereira Fiuza Orsi” (Jardim da Infância).

 

Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura, o objetivo é trabalhar a “contação de histórias” como estímulo à literatura infantil em sala de aula, sendo uma “delicada e trabalhada trama trançada para estimular o desejo da descoberta do conhecimento, por meio do universo mágico dos livros”.

Publicidade

 

A iniciativa, idealizada pela escritora e contadora de histórias, Carmelina de Toledo Piza, atenderá professores e alunos da rede municipal de ensino infantil.

 

No primeiro encontro, a proposta do projeto é apresentada aos 50 educadores participantes, divididos nos períodos da manhã e da tarde.

 

Uma dinâmica é desenvolvida, a fim de resgatar a “criança interior” dos envolvidos, “valorizando a introdução de uma história”. 

 

“Os encontros têm a intenção de demonstrar aos professores a importância da narrativa oral e, através de práticas, transformá-los em semeadores da magia como incentivo à leitura”, divulgou a secretária municipal de Educação, Cultura e Turismo, Ângela Sartori.

 

“A expectativa é grande e a melhor possível. Espero que este contato com os professores seja um encontro de aprendizado, tanto pra mim quanto para eles”, disse Carmelina.

 

Realizado pela Editora Adonis, o projeto tem parceria das Prefeituras de Tatuí e de Bauru e conta com patrocínio de Panco, produção da 3Marias Produtora Cultural, agenciamento de LS Nogueira e apoio cultural do ProAC (Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo), por meio da Secretaria de Estado da Cultura.

 

“Passa Balaio Trançado de Sonhos” atenderá,  ao longo deste semestre, mais de cem educadores e  cerca de 4.000 alunos no Estado. O projeto também contemplará dez colaboradores de entidades sem fins lucrativos, que trabalham a contação de histórias.

 

Carmelina de Toledo Piza é nascida em Tietê e mudou-se ainda criança para Piracicaba, onde reside. É contadora de histórias e formadora de contadores desde 1992, graduada em letras pela Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) e mestra em educação pela Unisal (Centro Universitário Salesiano de São Paulo), de Americana.

 

É autora dos livros “Entrou por Uma Porta, Saiu por Outra, Quem Quiser que Conte Outra” (2006), “Amor Sempre… Sempre Amor”(2006), “Caju, uma História de Amor” (2008) e “Passa Balaio Trançado de Sonhos” (2010).


Publicidade