Comércio permanecerá aberto em horário especial para Dia das Mães

2514
Consumidores poderão comprar em horário estendido para o Dia das Mães (foto: Gabriel Guerra)
Publicidade

O comércio funcionará em horário especial nos dias 11 e 12 de maio, dando oportunidade aos consumidores comprarem o presente do Dia das Mães. No dia 11, sexta-feira, as lojas funcionarão até às 22h e, no dia 12, sábado, até às 18h.

Os que adquirirem produtos nas lojas conveniadas com a ACE (Associação Comercial e Empresarial de Tatuí) receberão um cupom para a promoção “Super Mãe”.

A cada R$ 50 em compras o consumidor terá direito a participação na campanha por meio de cupons, que deverão constar nome, telefone e o carimbo da loja.

“Esse horário especial visa poder trazer uma facilidade para o consumidor. A gente sabe que muitas pessoas trabalham nas empresas. Estender o horário do comércio ajuda para que as pessoas não precisem ir para outras cidades e tenham condições de comprar nas lojas do município”, destacou o presidente da ACE, Eric Proost.

Dois consumidores serão sorteados e ganharão um vale-compras no valor de R$ 1.000 cada. Os vendedores que vierem a atender esses clientes, ganharão um vale de R$ 300 cada. O sorteio será no dia 17, às 16h, na sede da ACE.

Publicidade

“O Dia das Mães é a segunda melhor data do calendário anual, só perdendo para o Natal. Nem que seja um botão de rosas ou uma caixa de bombons, toda mãe acaba ganhando uma lembrança, e o comércio tem que estar atento a isso”, salientou.

Proost disse que vê com bons olhos a reação do comércio local em 2018. O presidente conta que o mercado já vem mostrando dados positivos, mesmo que lentamente, superando o período de crise. O ano da Copa do Mundo e as eleições também faz surgir boas oportunidades de negócios.

Outro detalhe que chama a atenção de Proost, como indicativo da melhora da economia, é a notícia de que os depósitos na caderneta de poupança superaram as retiradas em R$ 1,237 bilhão em abril, segundo o Banco Central. Esse resultado positivo foi o maior para os meses de abril desde 2013.

“Isso é sinal de que as pessoas estão se reestruturando financeiramente. Então, o comércio vê com bons olhos essa situação”, apontou.

Segundo levantamento nacional realizado pelo Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), cresceu de 67% para 72% a intenção do consumidor em comprar presentes para o Dia das Mães em 2018, na comparação ao ano passado.

Segundo pesquisa de Hábitos de Consumo, realizada ao longo do mês de abril, com mais de 1.200 respondentes em todo o país, aproximadamente um terço dos consumidores pretendem gastar mais, em relação ao valor gasto em 2017; 47% gastarão o mesmo valor; e 21% pretendem gastar menos este ano.

“O comércio sempre tenta trazer o que tem de novidade no mercado para essa data. O que mais se vende são produtos do vestuário e eletrodomésticos”, observou Proost.

“Toda publicidade é voltada para esse mercado, e os empresários investem em estoque, promoções e, em alguns casos, contratações de funcionários temporários”, definiu.

O presidente da ACE explica que a adesão à campanha “Super Mãe” é gratuita para as lojas associadas. Toda a mídia é feita para divulgar a ação e estimular as pessoas a comprarem nas lojas conveniadas.

“Uma das vantagens de ser associado à ACE é poder participar dessa grande campanha, que agrada ao público em geral. Os valores sorteadores ficarão no próprio comércio, pois o prêmio deverá ser gasto nas lojas, incentivando ainda mais o consumo”, relatou.

Proost ainda destacou outras ações que estão sendo realizadas pela ACE, como o calçadão da rua Prudente de Moraes. Os comerciantes aguardam a finalização do projeto e do orçamento final, que está sendo realizado pela Prefeitura.

“Não se trata de uma simples reforma. Existem muitas coisas que envolvem essa obra, alterações estruturais e que a gente não enxerga isso. A engenharia será complexa. Será refeita a rua, mudança de guia, bocas de lobo, tudo reestruturado. Não é apenas aumentar a calçada”, explicou o presidente.

Falando sobre o início da comercialização do cartão de crédito em parceria com a Family Card, Proost destacou ser um trabalho visando ao futuro e que, no momento certo, será implantado em todas as lojas.

O cartão será isento de taxas e custos para o empregado e empregador e terá como limite o teto de 30% do salário. O crédito poderá ser utilizado como “vale”, uma espécie de adiantamento. O montante gasto pelo trabalhador será descontado em folha, pela empresa, no pagamento mensal.

“As parcerias que fazemos visam dar oportunidades para todos. Sempre buscamos estudar as propostas que recebemos, para ver se é viável. Estamos atentos para oferecer boas possibilidades e coisas novas para o comércio de Tatuí”, completou.

Publicidade