Comercial em 1966

CLÁUDIO ALDECIR

O Bafô de 1966, carinhoso apelido do Comercial FC de Ribeirão Preto.

Rosan, Piter, Jorge, Nonô, Amauri e Ferreira. Peixinho, Luís, Paulo Bim, Jair Bala e Carlos César. Na foto também o massagista Glostora, com os cabelos sempre impecáveis, ganhou o apelido de uma marca de brilhantina conhecida da época.

O clássico da cidade, o “Come-Fogo”, era muito esperado pela grande e intensa rivalidade existente naqueles tempos.

Nesse 1966 pelo campeonato paulista, o Comercial fez bonito e goleou, comandado pelo treinador Alfredinho, fez 5 a 0 no Botafogo, Peixinho fez 2 e mais Paulo Bim, Jair Bala e Luís.

No segundo turno realizou uma partida épica contra o esquadrão do Santos FC na Vila Belmiro, com doze gols, final 7 a 5 para os santistas.

Histórias e boas lembranças do futebol.

NOTA: As fotos são do arquivo pessoal do autor, que data de 50 anos. Ele, como colecionador e historiador do futebol, mantém um acervo não somente de fotos, mas de figurinhas, álbuns, revistas, recortes e dados importantes e registros inéditos e curiosos do futebol, sem nenhuma relação como os sites que proliferam sobre o assunto na rede de computadores da atualidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome