Cinco crianças nascem em Tatuí no dia 1º; primeiro bebê chegou à 1h05

3758
Letícia de Souza é primeira bebê a nascer em Tatuí no ano de 2018 (foto: Cristiano Mota)
Publicidade

Cinco crianças nasceram em Tatuí no dia 1º deste mês, de acordo com dados da Maternidade “Maria Odete Campos Azevedo”, da Santa Casa de Misericórdia. O último parto aconteceu às 23h50 e se soma à média registrada pela coordenação. A maternidade realiza entre 200 e 210 nascimentos por mês.

Ainda assim, o número de nascimentos para o primeiro dia do ano foi atípico. A enfermeira técnica Sueli Aparecida Silva Nunes informou que os procedimentos tendem a ser menores no início do ano. “Surpreendeu, mas significa que vamos continuar a ter bastante trabalho durante o ano”, ressaltou.

O primeiro bebê a nascer em Tatuí é uma menina e tem o nome de Letícia. A criança é a terceira filha de Lenice Alves de Souza e a primeira dela com Lucas das Chagas Nunes. “Ela foi bem planejada. Queríamos ter mais um filho”, contou a mãe.

Lenice deu à luz à 1h05 do dia 1º, nove dias antes do programado pelos médicos. A dona de casa, de 29 anos, contou que a expectativa era de a menina nascer no dia 10.

A mais nova integrante da família pesa 3,150 quilos e tem três irmãos, uma menina de 10 anos e um menino de 4, de um relacionamento anterior da mãe, e uma menina de 17, por parte do pai.

Publicidade

“Nós estamos juntos faz dois anos, mas casados há seis meses. Por isso, decidimos ter um filho juntos e nasceu a Letícia”, contou Nunes.

Letícia nasceu de 39 semanas de gestação, horas depois de a mãe começar a sentir contrações. A dona de casa contou que festejava o Réveillon com a família quando sentiu a bolsa amniótica estourar. Ela, então, foi levada para a maternidade. A mãe deu entrada às 22h40 do dia 31 e, às 23h45, foi para a sala de preparo.

O parto foi realizado com a presença da ginecologista e obstetra Maria Laura Lavorato Matias. A médica também participou de um segundo procedimento, conforme informou a assessoria de comunicação da Prefeitura.

O segundo, de outra menina, a pequena Helena Vitória, medindo 48 centímetros e pesando 2,730 quilos. A segunda tatuiana a nascer é filha de Ariane Cristina Diniz Ferreira de Moraes, de 24 anos. A mãe e a criança receberam alta na manhã de quarta-feira, 3, completando prazo de 48 horas do nascimento.

Helena Vitória nasceu de parto normal, às 3h45 e é a terceira criança de Ariane. A mãe tem outros dois meninos, um de cinco e outro de três anos. “Queria muito engravidar e escolhi o nome com o pai. Primeiro, pensamos em Helena, mas, depois, eu quis incluir Vitória”, comentou.

A mãe conta que comemorava a passagem de ano em casa, com familiares, e que, por volta das 20h, procurou a maternidade, sentindo as contrações.

“Comecei a sentir dores antes da virada. Fui para o hospital, onde o médico fez exames e já detectou que eu estava para dar à luz. Mas, ele disse que eu tinha opção de ficar ou de ir para casa e retornar. Quis ficar em casa”.

Depois de comemorar o Réveillon, Ariane retornou à maternidade, por volta das 2h. “Apurou muito e eu retornei, quando fui levada para a sala de parto”, acrescentou.

A data de nascimento da quinta neta de Marisa Diniz Ferreira surpreendeu a família. Em especial, porque, conforme a avó e a mãe, os outros dois filhos de Ariane nasceram em feriados. Um no dia 7 de setembro e outro, em 15 de novembro.

O terceiro bebê a nascer em Tatuí no dia 1º chama-se Iago. A criança é filha de Adriana da Silva Pereira e Fagner da Costa Silva. O parto aconteceu às 6h28, em data não esperada pelos pais. Silva e a esposa aguardavam o nascimento do menino para o dia 25 de dezembro de 2017, o Natal. “Só que ele quis nascer no Ano-Novo, e já nos deu muita alegria”, disse o pai.

Iago nasceu pesando 2,8 quilos e é o terceiro filho do casal. “Temos mais dois meninos, um de sete anos e outro de seis. Ele não foi planejado, aconteceu, mas é querido. Com os três meninos, já decidimos ‘fechar a fábrica’”, brincou Silva.

Medindo 50 centímetros, Iago nasceu às 6h28, quase cinco horas depois de a mãe começar a sentir as contrações. Adriana foi levada ao hospital por volta das 4h. O parto foi realizado pelo ginecologista e obstetra Márcio Augusto Lopes.

Os outros dois bebês nascidos no dia 1º receberam alta antes da reportagem visitar as mães na maternidade. Conforme o hospital, crianças que não apresentam problemas e não são prematuras permanecem em observação por 48 horas.

Publicidade