CCR SPVias comunica mais de 200 focos de incêndio em 2020

14
Imagem ilustrativa (foto: Pexels)
Publicidade
Da redação

A CCR SPVias anunciou nesta semana estar ampliando as ações de prevenção a incêndios nas rodovias administradas pela concessionária. As ações devem ser promovidas até o final do inverno, tido como período mais crítico para a incidência de queimadas.

Um levantamento realizado pela concessionária mostra o registro de 224 focos de incêndio durante todo o ano passado, nos quais a CCR atuou no combate às chamas. O estudo ainda aponta que o período entre os meses de junho e outubro foi o mais crítico em 2020.

Em 2021, entre janeiro e maio, já foram registradas 50 ocorrências do tipo. “Sabendo da importância de preservar a segurança do usuário e a vegetação lindeira, a CCR SPVias, juntamente com a CCR AutoBAn, CCR ViaOeste e CCR RodoAnel, que fazem parte da CCR InfraSP, está apoiando a Operação Corta Fogo”, informa a assessoria de comunicação da empresa.

Conforme a CCR, a ação é coordenada pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Sima) e direcionada pela Artesp (Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo) nas rodovias paulistas.

A CCR atua a partir do reforço no monitoramento das rodovias, do posicionamento de caminhões-pipa em pontos estratégicos e veiculação de mensagens nos painéis eletrônicos instalados ao longo dos trechos rodoviários

Publicidade

De acordo com o gestor de atendimento da CCR SPVias, Carlos Costa, as viaturas de inspeção, guinchos leves e pesados possuem abafadores.

“Os profissionais que atuam nestes veículos são treinados e capazes de atuar no primeiro combate aos focos de incêndio. No caso de ocorrências de grande porte, sempre contamos com a orientação e o apoio do Corpo de Bombeiros do estado de São Paulo”, afirma o gestor.

Entre os fatores que podem contribuir para incidência de queimadas, estão condições climáticas, característica da vegetação lindeira, proximidade de trechos urbanos e, principalmente, a ação humana.

A concessionaria salienta que, além do problema ambiental, a propagação do fogo representa risco à segurança dos motoristas, pois a fumaça reduz a visibilidade.

Para prevenir queimadas, a CCR orienta: “Não atire cigarro ou fósforos acesos às margens da rodovia; não queime lixo, aterro ou área de mata; não solte balões – crime previsto na Lei de Crimes Ambientais; e evite acender fogueiras”.

Para manter a segurança em caso de fumaça na pista, a indicação de concessionária é reduzir a velocidade; não parar o veículo na faixa de rolamento; fechar os vidros do veículo; manter distância segura do veículo à frente e o farol baixo aceso; não ligar o pisca-alerta com o veículo em movimento e posicionar o sistema de ventilação do veículo na posição recircular.

Para solicitar apoio ou reportar ocorrências, o telefone da CCR SPVias é o 0800 703 5030.

Publicidade