Basquete Tatuí reverte série decisiva e conquista bicampeonato Paulista

Após perder 1º jogo, time local venceu a LSB 2 vezes e levantou a taça

50
Atletas e comissão técnica celebram título conquistado no Clube de Campo (foto: Lívia Machado e Juninho Oliveira)
Da redação

O Grupo BT/Clube de Campo/Tatuí é bicampeão de forma consecutiva do Campeonato Paulista Masculino da 1ª Divisão. Ao lado da torcida, no Ginásio “Manoel Soares”, do Clube de Campo, os atletas e a comissão técnica puderam soltar o grito de “campeão”.

Vencedor da edição 2020 do certame, o “Basquete Tatuí” havia saído atrás na série final deste ano, diante da LSB, e precisou de duas vitórias, conquistadas no final de semana, para garantir mais um título e o acesso ao Campeonato Estadual da Divisão Especial A1 Masculina, a “elite” do basquete paulista.

A campanha vitoriosa no campeonato promovido pela FPB (Federação Paulista de Basketball) teve início em 25 de setembro. A equipe profissional tatuiana disputou 14 partidas, vencendo dez e anotando 943 pontos – pontuação média de 67,3 por jogo.

No primeiro turno da fase inicial, foram três triunfos e um revés: vitória de 78 a 53 na estreia, contra a FR Semelp/Pindamonhangaba; vitória de 88 a 59 sobre o América/Unirp/Smel Rio Preto; derrota de 90 a 62diante do Webby Basquete Assis/LBC; e triunfo de 55 a 51 contra a LSB.

No returno, o Basquete Tatuí havia perdido do time de Pindamonhangaba por 88 a 81, no entanto, conseguiu recuperar-se, vencendo, na sequência, América/Unirp/Smel Rio Preto e Webby Basquete Assis/LBC, por 92 a 59 e 77 a 58, respectivamente.

Com estes resultados, o Basquete Tatuí e a LSB se enfrentaram na última rodada, disputando a melhor campanha na fase inicial. Na ocasião, o time tatuiano venceu “fora de casa” por 76 a 68, garantindo o direito de disputar as partidas eliminatórias decisivas no município, com a presença de torcedores tatuianos.

Conforme o regulamento elaborado pela FPB, a etapa eliminatória do torneio foi disputada em formato de “play-offs”, em melhor de três jogos. Para avançar à decisão, o time tatuiano teve de passar pelo FR Semelp/Pindamonhangaba nas semifinais.

No primeiro jogo, em Pindamonhangaba, os adversários derrotaram os atletas locais por 62 a 52. Com o revés, os tatuianos teriam, obrigatoriamente, de vencer a segunda partida da série para forçar o terceiro jogo.

Com apoio dos torcedores, o Basquete Tatuí venceu os rivais por 61 a 55, no ginásio do Clube de Campo, no sábado, 27 de novembro. No dia seguinte, dessa vez no CIE (Centro de Iniciação ao Esporte) “José Edson Leal Leite (Éde)”, no Jardim Lucila, a vitória tatuiana foi pelo placar de 53 a 45.

A mesma necessidade de vitórias, na segunda e terceira partida, aconteceu na decisão diante da LSB, após os sorocabanos vencerem a primeira partida, em casa, na quinta-feira, 2, por 65 a 54.

Na segunda partida da série, no sábado, 4, cerca de 400 pessoas ocuparam as arquibancadas do ginásio do clube campestre para acompanhar a vitória tatuiana. Ao término do confronto, o placar foi de 65 a 48, favorável ao Basquete Tatuí.

Na terceira e última partida, no domingo, 5, mais de 600 tatuianos estiveram no ginásio acompanhando uma disputa bastante parelha. A finalíssima esteve empatada até os instantes finais, quando o ala Neto anotou os últimos dois pontos, que garantiram a vitória, por 49 a 47, e o bicampeonato ao Basquete Tatuí.

A equipe campeã, comandada pelo atleta e técnico William Drudi, formada pelos jogadores Castellon, Juliano Armani, Felipe Taddei, Paulão, Neto, Emanuel Cardoso, Apolinário, Tognozzi, Elivelton dos Santos, Soares, M. Souza e F. Souza, entra de férias após o título e retoma as atividades no início de janeiro.