‘Basquete Tatuí’ é campeão invicto e garante acesso à elite de São Paulo

309
Da redação

Com novo triunfo diante do Conti-Cola/Assis Basket, o XI de Agosto/AABT/Tatuí, de forma invicta, levantou a taça do Campeonato Paulista Masculino da 1ª Divisão – 2020, na noite de sábado, 5.

O título, conquistado no Ginásio Poliesportivo “Pedro Paulo Silva (Paulo Vagalume)”, do recém-inaugurado CIE (Centro de Iniciação ao Esporte) “José Edson Leal Leite (Éde)”, ainda garantiu o acesso ao Campeonato Estadual da Divisão Especial Série A-1 Masculino 2021 (ambos promovidos pela Federação Paulista de Basketball).

Anteriormente, na primeira fase da competição, disputada no ginásio “Paulo Vagalume”, do CIE “Éde”, entre os dias 20 e 22 de novembro, a agremiação tatuiana havia obtido o melhor aproveitamento entre as três equipes participantes, garantindo ser a “mandante” na decisão.

Na abertura do torneio, dia 20, o “Basquete Tatuí” venceu o Conti-Cola/Assis Basket por 101 a 99. No dia seguinte, o representante de Assis derrotou o FR/Semelp Pindamonhangaba pelo placar de 78 a 76. E, fechando a primeira fase, dia 22, a equipe local superou o time do Vale do Paraíba por 75 a 69.

Com a campanha na fase inicial, o representante tatuiano pôde disputar a decisão do torneio no município, no ginásio inaugurado há cerca de um mês. Após quase duas semanas de preparação, o Basquete Tatuí ergueu a taça ao superar o Conti-Cola/Assis Basket pelo placar de 84 a 82.

De acordo com a assessoria de imprensa da equipe campeã, “o jogo foi digno de uma final, com o time da casa comandando as ações nos dois primeiros quartos e abrindo vantagem. Já no segundo tempo, a equipe visitante cresceu de produção e equilibrou as ações, deixando o final do jogo eletrizante”.

A equipe campeã foi representada por: Robson Junior, autor de 13 pontos, 7 rebotes, 8 assistências e 2 bolas recuperadas; Neemias Jesus; Henrique Cerimelli, 17 pontos, 3 rebotes, 4 assistências e 1 bola recuperada; Juliano Armani, 13 pontos, 5 rebotes, 3 assistências e 2 bolas recuperadas; Heitor Cardoso; e Emanuel Cardoso.

Ainda integraram o time tatuiano os atletas: William Drudi, “cestinha” com 18 pontos, 8 rebotes e 1 assistência; Lucca Mauad; Elivelton Soares, 16 pontos, 3 rebotes, 1 assistência e 1 bola recuperada; Kevyn Barborsick; Alex Rodrigues, 9 pontos, 13 rebotes, 5 assistências e 2 bolas recuperadas; e Pedro Peçanha.

Os jogadores que se destacaram defendendo a agremiação vice-campeã foram: César Fabretti, autor de 20 pontos e 7 rebotes; e Jonathan Maciel, com um “duplo-duplo”, 18 pontos e 12 rebotes.

Para o técnico do Basquete Tatuí, Julio Malfi, a vitória e o consequente título“vieram para coroar o empenho de todos ao logo de um ano difícil e diferente”.

“Esta foi uma vitória da superação e da união dos jogadores, que entenderam bem a importância de cada um no trabalho que foi desenvolvido e no projeto como um todo, uma vez que enfrentamos uma grande equipe, que jogou muito bem, valorizando ainda mais a nossa conquista”, declarou.

“Também dos jogadores que precisaram assumir um protagonismo, além de um atleta mais experiente (Drudi), que soube comandá-los até o final da partida”, complementou o treinador.

Malfi declarou ser“uma conquista de todos os munícipes de Tatuí, que só foi possível graças à união e somatória de esforços de muita gente”. “Primeiro, quero agradecer a prefeita Maria José Vieira de Camargo e ao Miguel Lopes Cardoso Junior (presidente da Associação de Amigos do Basquete de Tatuí), eleito vice-prefeito na recente eleição, que foi o idealizador deste projeto”, afirmou.

“Não posso deixar de agradecer e reverenciar os parceiros, patrocinadores, apoiadores e a todos que estiveram torcendo pelo sucesso do Basquete Tatuí, mesmo de longe, por conta da pandemia”, acrescentou.

O treinador assegurou que a equipe cumpriu os objetivos da temporada e garantiu almejar ainda mais conquistas para o próximo ano. No ano passado, o Basquete Tatuí já havia conquistado o título e uma vaga à elite do basquete do estado, porém, decidiu jogar novamente o torneio de acesso. Malfi adiantou que o time disputaria “a Série A-1 do Campeonato Paulista”em 2021.

“Para isso, temos que dar sequência ao trabalho, buscando ainda mais parceiros, patrocinadores e apoiadores para viabilizar o sonho de estar na elite estadual no próximo ano”, apontou o técnico.

“Por fim, quero agradecer os jogadores e a comissão técnica pelo trabalho de excelência, realizado sempre com seriedade, determinação e amor.Estão todos de parabéns”, finalizou Malfi.