Apae distribuirá cestas básicas a famílias carentes da cidade

381
Publicidade
Da reportagem

A Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Tatuí está com cadastro aberto para solicitação de benefício eventual. O novo projeto desenvolvido pela entidade visa atender à população em situação de vulnerabilidade social com o fornecimento de cestas básicas, kits de higiene e proteção contra a Covid-19.

A ação faz parte de edição emergencial do projeto Itaú Social “Comunidade, Presente!”, que tem como foco apoiar famílias em situação de vulnerabilidade para amenizar os impactos causados pela pandemia do novo coronavírus.

De acordo com Daliane Miranda, assistente social responsável pelo Centro Dia de Referência de Assistência Social da Apae, a entidade foi selecionada pelo Itaú Social em chamada pública, na qual a entidade local apresentou um levantamento sobre a situação socioeconômica dos 280 alunos atendidos e elaborou um projeto para ajudar às famílias deles.

“Fizemos o levantamento com todo o nosso público para saber como eles estavam durante este período de pandemia, tanto na questão psicológica quanto na socioeconômica, e identificamos diversas famílias em situação de vulnerabilidade social”, contou Daliane.

Para atender a essas famílias, em março, a entidade fez a parceria com o movimento popular Práxis e realizou a campanha “Cuide de quem está em casa”, visando à doação de cestas básicas.

Publicidade

“Por meio desta parceria e de outras empresas e instituições que foram nos ajudando, conseguimos um bom retorno e arrecadamos cestas básicas, produtos de higiene e limpeza, mas, neste meio tempo, elaboramos o projeto para apresenta ao Itaú Social”, comentou a assistente social.

Selecionada pelo programa, a entidade recebeu R$ 45 mil em recursos financeiros para compra dos itens de higiene e alimentos. Segundo Daliane, a intenção é alcançar pelo menos 130 famílias.

“Nossa prioridade é o público da Apae, mas, como conseguimos um número bom de cestas básicas, vamos extrapolar os nossos muros, e o cadastro é aberto para a comunidade tatuiana que tenha pessoas com deficiência dentro do núcleo familiar”, destacou a assistente social.

Os benefícios eventuais são destinados às famílias de pessoas com deficiências que estejam em risco social.

Para ter direito ao benefício, a família deve ter ao menos um dos membros com algum tipo de deficiência, possuir renda per capita igual ou inferior a meio salário mínimo (R$ 522,50) e estar referenciada na rede de serviços socioassistenciais do município.

Além disso, a família deve comprovar residência em Tatuí e, excepcionalmente, em Quadra e Pereiras, em caso de usuários da Apae de Tatuí. Conforme o regulamento, a avaliação técnica realizada por profissional da equipe de referência sobrepõe-se aos critérios de renda e tempo de residência.

A avaliação técnica leva em consideração as despesas com medicamentos, alimentação especial, fraldas descartáveis e todas as relacionadas à área de saúde e, ainda, analisa o cadastro socioeconômico, preenchido no portal Consulta Cidadão e da “Transparência” do governo federal.

A previsão da capacidade de atendimento da instituição para concessão do benefício eventual é de 130 famílias durante três meses consecutivos, sendo a primeira remessa entregue em outubro.

Serão priorizadas as famílias: dos usuários matriculados; dos já avaliados pela equipe multidisciplinar da Apae aguardando vaga na instituição; e dos que estão aguardando avaliação (que já tiverem oficio da Secretaria de Educação ou da Diretoria de Ensino de Itapetininga solicitando o pedido de avaliação protocolados na Apae), desde que se encaixem nos critérios estabelecidos.

Ainda serão priorizadas as famílias com mais de uma pessoa com deficiência no grupo familiar; com vários membros no grupo de risco; em situação de extrema pobreza (per capita inferior a R$ 89,00); e que não foram beneficiadas com auxílio emergencial.

Para a solicitação do benefício eventual, a pessoa com deficiência ou o responsável familiar pode acessar o site da Apae para preenchimento do cadastro socioeconômico0 através do link https://apaetatui.org.br/cadastro .

O formulário será analisado pelos técnicos e a resposta, informada pelo WhatsApp, e, na ausência deste, por ligação telefônica, podendo o benefício ser aprovado ou negado. O prazo para requerimento do benefício termina no próximo dia 20.

Publicidade