Álbum de Família 28/02/2021

85
Maria Elisabete Amadei Vieira de Camargo - Presidente do RC de Tatuí 2010-11

Presidentes brasileiros

Até 1928, todos os presidentes do Rotary International eram dos Estados Unidos. Depois que rotarianos de outras nações puderam dirigir a entidade, três brasileiros comandaram a organização: Armando de Arruda Pereira (1940/41, engenheiro, do RC de São Paulo – SP), Ernesto Imbassahy de Mello (1975/76, advogado, do RC de Niterói-RJ) e Paulo Viriato C. da Costa (1990/91, empresário e arquiteto, do RC de Santos-SP).


Mulheres no Rotary

A admissão de mulheres aos Rotary Clubs do mundo inteiro, decidida por votação na reunião do Conselho de Legislação de 1989, “foi um momento marcante da história mundial”, conforme a assessoria do clube de serviços.

A primeira rotariana brasileira foi Emma Hildinger, admitida pelo RC de Caçapava (SP), em 1988. Em 2010, Maria Elizabete Amadei Vieira de Camargo foi a primeira mulher a presidir o RC de Tatuí.

E a primeira presidente feminina do Rotary International será a canadense Jennifer Jones, para a gestão de 1º de julho de 2022 até 30 de junho de 2023.


Rotary Club de Tatuí

O RC de Tatuí existe desde 29 de agosto de 1947, quando o promotor público Francisco Camargo Penteado se reuniu no Hotel Del Fiol com mais 21 fundadores. O clube tatuiano nasceu no ano da morte do fundador Paul Harris, seguindo os seus princípios.

Os dois clubes tatuianos – Tatuí e Cidade Ternura (este, criado em 4 de abril de 1978) – são presididos por Luís Barros e Antonio Nunes e pertencem ao Distrito 4621 do RI, cujo governador é Sergio Lelli.

O lema internacional para este ano rotário de 2020-21 é “O Rotary abre oportunidades”, adotado pelo presidente alemão Holger Knaack. O próximo presidente do RI, para 2021-22, será Shekhar Mehta, da Índia, com o lema “Servir para transformar vidas”.


Fundadores do RC de Tatuí

Os 22 fundadores do RC de Tatuí foram: Aniz Boneder (medicina – ginecologia), Astor de Azevedo (tecido – fabricação), Attíllio Grazia (automóvel – reparações), Caetano Nastri (vestuário – confecções), Camilo Vanni (indústria alimentícia – mandioca), Eulico Mascarenhas Queiroz (odontologia – clínica), Fernando Guedes de Morais (ensino – instrução pública), Francisco Camargo Penteado (direito – promotoria), Francisco Hoffmann (eletricidade – distribuição), Gualter Nunes (governo – saúde pública), Ivo Zanni (armarinhos), João Gandara Mendes (tecidos a varejo), João Maria Pires Aguiar (ensino secundário), José Celso Nogueira (medicina – fisiologia), Manoel Vieira de Camargo (direito – tabelionato), Milton Azevedo (algodão – fiação), Nilzo Vanni (pecuária), Olavo Ribeiro de Souza (governo – magistratura), Oscar Augusto Silveira da Mota (finanças), Paulo Sílvio Azevedo (governo – inspetoria federal), Simeão José Sobral (direito – advocacia geral), e Walter Silveira da Mota (jornal).


Os 116 anos do Rotary International

O Rotary International foi fundado há 116 anos, em 23 de fevereiro de 1905, quando Paul Percy Harris (advogado), Gustavus Loehr (engenheiro de minas), Silvester Schiele (distribuidor de carvão) e Hiram Shorey (alfaiate) se reuniram no escritório de Loehr, em Chicago, por iniciativa de Harris, para o que viria a ser conhecida como a primeira reunião de Rotary Club.

A classificação dos associados do Rotary, pelas profissões, é marca da entidade. Isso permite vivenciar diferentes realidades em um só grupo, voltado à prática do bem em sua comunidade.


Na América do Sul

O primeiro país da América do Sul a fundar um clube da organização foi o Uruguai, com o Rotary Club de Montevidéu, em julho de 1918. No Brasil, o RC do Rio de Janeiro foi criado em 15 de dezembro de 1922, porém, prevalece a data do cadastro no Rotary International: 28 de fevereiro de 1923.