Acidentes de trânsito têm redução de 16%

257
Cidade reduz número de colisões, choques e atropelamentos no trânsito (foto: Diléa Silva)
Publicidade
Da reportagem

O número de acidentes não fatais no trânsito tatuiano foi menor em fevereiro deste ano, na comparação com o mesmo mês do ano passado. As informações são do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito), divulgadas na sexta-feira, 19.

Conforme o levantamento do programa “Respeito à Vida”, no segundo mês do ano passado, 60 acidentes de trânsito foram registrados no município. Neste ano, o total caiu 16,66% e chegou a 50 registros.

De acordo com o diretor de estratégia da Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana, José Roberto Xavier da Silva, o trabalho realizado pelo Departamento de Trânsito e Mobilidade Urbana em campanhas educativas contribui para a redução dos números.

Outro fato apontado pelo diretor como determinante para a queda das fatalidades de trânsito foi a quarentena – medida de isolamento social determinada pelo estado para conter a disseminação do novo coronavírus.

Em fevereiro deste ano, a maioria dos casos não fatais foi registrada nas noites de sexta-feira (cinco casos) – diferentemente do segundo mês de 2020, quando o maior número de ocorrências foi registrado nas noites de quarta-feira (oito casos).

Publicidade

Os índices de acidentes sem vítimas mostram que as colisões representaram a maior parte do número de registros em fevereiro deste ano: somente nesta categoria, foram 18 casos, 36% do total.

Os indicadores de “outros tipos” de acidentes (capotamento, tombamento e quedas) representaram 22% das ocorrências de acidentes sem vítimas fatais no segundo mês do ano, com 11 registros incluídos nesta categoria.

Na terceira posição das maiores causas de acidente do mês aparecem os atropelamentos com quatro ocorrências durante os 28 dias – o que representa 8% do total de acidentes registrados no período.

O choque (ocasião na qual um dos veículos ou objeto atingido não está em movimento) aparece na quarta posição das causas de acidente do segundo mês do ano, com duas ocorrências durante o mês (4%). Outros 15 acidentes não tiveram as causas definidas.

A maior parte (80%) das ocorrências não fatais ocorreu dentro do perímetro urbano. Nas rodovias, os registros de acidentes sem mortes representam 18%. Outros 2% das ocorrências não disponibilizaram informações sobre o local do acidente.

Os números do Infosiga são atualizados mensalmente pela Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Corpo de Bombeiros. As corporações somam informações do SioPM (Sistema de Informações Operacionais da PM), que reúne dados de acionamento de viaturas para atendimento.

Vítimas fatais

Por outro lado, o Infosiga aponta que, em fevereiro deste ano, houve uma morte a mais por acidente de trânsito, em relação ao segundo mês de 2020, passando de um para dois acidentes fatais.

As duas vítimas estavam na direção e eram do sexo masculino. Um deles entre 18 e 24 anos, condutor de motocicleta, falecido em acidente dentro das vias municipais (o Infosiga não informou o local exato do acidente) e outro na faixa de 65 a 69 anos, em acidente na rodovia.

Esse foi o segundo mês, durante a quarentena, em que a cidade registrou aumento no número de mortes por acidentes. Em janeiro de 2020, o município não registrou nenhuma morte por acidente de trânsito. Já neste ano, o Infosiga informou o óbito de um motociclista, na faixa dos 40 a 44 anos, vítima de colisão, no primeiro mês.

Balanço anual do Infosiga, divulgado em janeiro, com dados até dezembro de 2020, mostrava redução nos índices. Conforme o estudo, as mortes haviam caído 13,63% nos 12 meses, em comparação ao mesmo período de 2019, passando de 22 para 19, enquanto os acidentes fatais baixaram de 21 para 18 (menos 14,28%).

O número é menor desde 2016, quando o município também havia registrado 19 mortes em 12 meses. Em 2018, 24 pessoas perderam a vida em acidentes de trânsito e, em 2017 (o pior da série histórica), 29 óbitos foram registrados em um ano.

Segundo o Infosiga, os números com relação aos acidentes não fatais em Tatuí estão na contramão da totalidade de registros do estado de São Paulo. Na soma dos municípios paulistas houve redução de 4,54% em fevereiro deste ano, na comparação com o segundo mês de 2020, passando de 14.081 para 13.441 ocorrências.

A quantidade de vítimas fatais por acidente de transito também apresentou redução no estado. Em fevereiro de 2020, os acidentes de trânsito causaram 354 mortes, contra 340 neste ano (queda de 3,95%).

Publicidade