90% de leitores afirmam nunca ter abandonado animal adotado

262
Publicidade





“Você já devolveu um animal após tê-lo adotado?” Esta foi a questão que figurou enquete no site do jornal O Progresso ao longo desta semana. Pelo resultado, 90% dos leitores responderam que “não”, bem mais que os 10% que apontaram “sim”.

 

O questionamento surgiu a partir de entrevista com a diretora do Departamento Cultural da Oscip (organização da sociedade civil de interesse público), Silvia Helena Gonçalves Domingues dos Santos, que classificou como preocupante o índice da instituição Ani+ de que, a cada dez cães adotados, três são devolvidos.

 

Publicidade

Sílvia realiza palestras de conscientização a respeito, além de administrar um sistema de apadrinhamento, em que doações de vacinas, ração e outros são recebidas.

 

As contribuições mantêm 40 cães sob a responsabilidade da Oscip, que não podem ser levados à adoção, já que foram rejeitados por mais de uma vez.

 

A votação acontece semanalmente desde 2005 e leva ao leitor alguma questão de interesse público, com base em uma das reportagens da edição.

 

A enquete fica disponível para votação no site do jornal (www.oprogressodetatui.com.br), e o leitor pode acompanhar o resultado parcial.

 

Com o novo site, a porcentagem de cada opção é arredondada para mais ou para menos, o que, no final da votação, pode acarretar em soma de 101% ou 99%.

 

O tema da enquete desta semana é a segurança pública. A ACE (Associação Comercial e Empresarial) promoveu reunião com representantes da Polícia Militar e da GCM para pedir mais policiamento no centro, após a funcionária de uma loja ser baleada na tarde do dia 21, quarta-feira.

 

O autor do tiro é um menor de 16 anos que tem duas passagens pela polícia por tráfico de entorpecentes. O adolescente confessou o disparo em depoimento, após ser encontrado na quinta-feira à noite, 22.

 

O crime envolve mais dois assaltantes, que levaram da loja R$ 531. Segundo funcionários, dois deles aparentavam ter entre 20 e 25 anos e o terceiro, entre 17 e 20 anos.

 

Para a polícia, o menor alegou que não tinha tido a intenção de atirar contra a caixa. Conforme o delegado titular do município, José Alexandre Garcia Andreucci, as imagens mostram que o disparo ocorreu “sem motivo aparente”.

 

Na enquete, O Progresso pergunta: “Você se sentiria mais seguro apenas com a intensificação de policiamento no centro?”. As possíveis respostas são “sim” e não”.

 

A votação estará disponível na tarde deste sábado, 24, na página do bissemanário (www.oprogressodetatui.com.br).


Publicidade