19ª edição da Copa Rádio tem ‘domínio’ do Clube de Campo

198
Jorginho recebe troféu das mãos do ex-prefeito Gonzaga (foto: Cnetral de Rádio)
Da redação

A 19ª Copa Rádio Notícias de Futebol Máster foi “dominada” pelo Clube de Campo. Na manhã de domingo, 15, a agremiação foi campeã da categoria superveteraníssima e, dessa forma, conquistou todos os títulos possíveis da competição.

Após vencer as categorias veterana e veteraníssima, o terceiro título foi alcançado “em casa”, no estádio “Lupércio Bernardes”, o Itatibão. Diante do São Martinho, o atleta Valdir marcou os dois gols que garantiram o triunfo, por 2 a 0, e a taça ao Clube de Campo.

Com os tentos na decisão, Valdir alcançou a artilharia da categoria, ao lado de Marquinho Farmacêutico, do XI de Agosto, com quatro gols. A organização do torneio máster elegeu Sandrinho, do time campeão, como o melhor goleiro.

As agremiações disputaram a decisão da categoria para atletas a partir de 50 anos pelo segundo ano consecutivo. O Leão do Sul tinha a chance de conquistar o bicampeonato da superveteraníssima, pois, em 2018, após empate em 1 a 1, venceu o Clube de Campo por 5 a 3, nos pênaltis, e pôde comemorar o título.

Para chegar à final, o Clube de Campo derrotou o Santa Cruz, por 2 a 0, a GCM/TG, por 3 a 1, e o Sexta Máster, por 1 a 0, classificando-se na liderança do grupo B, com nove pontos. Na fase semifinal, a equipe tinha a vantagem do empate e avançou após um 0 a 0 diante do XI de Agosto.

O Clube de Campo conquistou o primeiro título da Copa Rádio no domingo, 1º, em “decisão caseira”, diante do CR Itatibão. A partida terminou empatada em 1 a 1 e, nas disputas por pênaltis, o Clube ganhou por 9 a 8, garantindo a taça de campeão da veteraníssima.

Sete dias depois, o tempo regulamentar da final da veterana, contra o XI de Agosto, estava se esgotando e o time campeão teria de ser decidido nas penalidades máximas. Contudo, nos acréscimos do segundo tempo, Neinho marcou o gol que deu a vitória ao Clube de Campo.

Encerrada com três títulos campestres, a Copa Rádio promoveu 55 confrontos, sendo 25 pela veterana, 15 pela veteraníssima e 15 pela superveteraníssima. Ao todo, foram marcados 147 tentos, média de 2,67 por partida.