Tráfego na ponte do Marapé é aberto aos veículos não pesados

0
240
Publicidade
Alessandra Bonilha, dra
Della Nonna
Eletrofer
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Prefeitura liberou a circulação apenas de veículos leves na ponte do Marapé. O dispositivo voltou a receber fluxo de carros, caminhonetes e ônibus de linha municipal nesta quinta-feira, 10, após evento promovido pela Prefeitura.

A cerimônia de inauguração da nova ligação aconteceu a parir das 18h, com presença de moradores do entorno e da prefeita Maria José Vieira de Camargo. Com a abertura, a ponte teve o tráfego liberado aos veículos que partem da rua Capitão Lisboa.

Contudo, caminhões continuarão a não poder passar pela via. O diretor do DMMU (Departamento Municipal de Mobilidade Urbana), Yustrich Azevedo da Silva, informou que o Executivo prepara outro acesso para os veículos pesados.

Segundo ele, as passagens de caminhões dos tipos toco e truck, respectivamente, semipesados e pesados, terão de ser feitas exclusivamente pela ponte do Jardim Junqueira. O dispositivo deverá ser concluído pela empreiteira CSC Engenharia e Construção Ltda. e inaugurado pela Prefeitura no mês que vem.

Até lá, só passarão pela região do Marapé, com acesso pela ponte “Pérsio Santi”, carros, motocicletas e vans. Também estão permitidos os ônibus que fazem as linhas urbanas (escolares e de empresa responsável pelo transporte público) e os chamados VUCs (veículos urbanos de cargas).

Neste primeiro momento, Silva informou que o departamento não vai liberar acesso aos veículos utilizados no transporte intermunicipal. Os ônibus que vão e vêm de São Paulo e cidades da região não poderão passar pela ponte.

Eles continuarão a fazer o trajeto pela rua 11 de Agosto, com saída pela rodovia Antonio Romano Schincariol (SP-127). “Ainda não decidimos quanto ao transporte intermunicipal, mas o urbano será normalizado”, informou o diretor.

Publicidade
Damásio nivel medio
Bendita Filo

Isso significa que, já nesta sexta, os ônibus de linha circular que atendem às vilas São Cristóvão e Angélica, ao Jardins de Tatuí e aos Jardins Aeroporto e Gonzaga, retomarão o trajeto pela ponte do Marapé.

A normalização da circulação deve ocorrer, de fato, em setembro, com a entrega da ponte da rua Maria Aparecida Santi, que liga o Jardim Junqueira ao São Cristóvão.

Pela nova ligação devem passar os veículos extrapesados, trucados e os com mais de dois eixos. Já prevendo esta circulação, o DMMU trabalha na implantação de um horário específico para entrada e saída desses veículos.

Silva antecipou que o departamento vai delimitar uma faixa de horário, de modo a não atrapalhar o tráfego durante o dia e em horários de pico, como a manhã, o almoço e o fim da tarde. Os veículos de grande porte terão autorização de circulação no período das 19h às 9h, para a realização de carga e descarga.

O diretor explicou que a restrição faz parte da política de mobilidade urbana desenvolvida com o objetivo de tornar o tráfego da cidade melhor, menos lento e mais seguro. Silva ressaltou, ainda, que a adoção da medida é essencial para manter a fluidez do trânsito, visto a grande quantidade de veículos em circulação.

Até o momento, não há prazo para a implantação do novo horário de circulação. Silva informou que a medida será adotada gradativamente e à medida em que houver necessidade. Antes disso, o DMMU fará ações de orientação junto aos caminheiros e aos motoristas que dirigem veículos pesados.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Publicidade
Coplaspel
EleService institucional
Thais Brito divulga