‘Vila de Natal’ é aberta na noite do dia 9

238
Publicidade





Rafael Segato

Decorações e iluminação enfeitam praça que abriga o ‘Pinheirão’

 

A praça Martinho Guedes (conhecida como “Praça da Santa”) foi transformada na “Vila de Natal”. A inauguração oficial da decoração e da iluminação natalina foi realizada pela Prefeitura na noite de segunda-feira, 9, e marcou o início da programação oficial de fim de ano em Tatuí.

A decoração é resultado de série de cursos realizados pelo Fundo Social de Solidariedade, em parceria com a Diretoria de Cultura e Desenvolvimento Turístico e com o Ateliê República, de Cerquilho.

Publicidade

Nas oficinas, os próprios alunos criaram os enfeites que integram a decoração da praça, produzidos principalmente com base em materiais recicláveis, como placas de EVA e isopor.

A decoração conta com árvores de Natal, bonecos de neve, bonecos em formato de biscoito, soldadinhos de chumbo (referência a um dos maiores clássicos musicais natalinos, o balé “Quebra Nozes”), além de outras peças.

Também foi montado o trenó do Papai e da Mamãe Noel – um dos espaços mais concorridos pelas crianças na noite da inauguração, que formaram fila para tirar fotos com o casal natalino. O tradicional “Pinheirão”, símbolo do Natal no município, recebeu iluminação e decoração especiais.

O diretor da Cultura e Desenvolvimento Turístico, Jorge Rizek, lembrou que a “‘Santa’ é a praça do Natal tatuiano”.

“Existe uma tradição, desde a década de 50, que este ‘Pinheirão’ seja iluminado todo Natal. Começou com um grupo de amigos, que até se tornou um clube, chamado Clube 17. Depois que esse grupo de estudantes deixou de existir, a Prefeitura tomou para si essa missão de iluminar o pinheiro”, contou Rizek.

Segundo o diretor, o “Pinheirão” já chegou a ser considerado a maior árvore de Natal natural do mundo, tornando-se um “cartão postal” da cidade.

Neste ano, a intenção da organização foi “caprichar e enriquecer” a decoração. “Quando tivemos a ideia de fazer as oficinas para produzir as peças, ao invés de espalharmos o resultado dessas oficinas por toda a cidade, resolvemos agregar tudo em torno do ‘Pinheirão’, e demos o nome de ‘Vila de Natal’”, explicou o diretor.

Segundo Rizek, algumas peças que integram a decoração da praça ainda seriam instaladas no decorrer da semana.

Em entrevista, o prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, afirmou que um dos objetivos da montagem da Vila de Natal foi reaproximar a população da praça Martinho Guedes.

“A Praça da Santa sempre teve o ‘Pinheirão’, mas nunca foi o local da família no Natal. Por isso, fizemos questão de trazer para essa praça todos esses enfeites, toda essa vida, para realmente trazer as famílias de volta à praça. A presença maciça dos pais e das crianças está mostrando que reavivar a praça foi uma tacada certa”, argumentou.

Manu também interpretou a montagem da Vila da Natal como “o início da realização de um sonho”. “A população, às vezes, não tem condições, ou não consegue ir até um shopping center tirar fotos com Papai Noel, com a decoração, com soldadinhos de chumbo, com os bonecos”, observou o prefeito.

“Agora, vai ter essa chance aqui em Tatuí. É o início de um sonho que sempre tive, de trazer um Natal diferenciado, feliz e bonito para a cidade. Com certeza, no ano que vem vai ser ainda maior e mais agradável”, acrescentou.

Em discurso, o prefeito pediu para que a população cuide e ajude a manter a decoração montada no local.

“Por favor, vejam com que carinho tudo foi feito. Nós vamos manter segurança nessa praça, vamos manter diariamente o pessoal olhando. Mas, é importante que a população ajude a fiscalizar, ajude a ver aquela pessoa que queira destruir algum brinquedo e chamar a segurança. Isso aqui é nosso, é para ficar para o próximo ano, e para mais quatro, mais dez anos. É para a população”, declarou.

Ao jornal, o prefeito também negou que a Prefeitura tivesse recebido recursos externos para a realização da festa, organizada com dotação própria.

No entanto, confirmou o recebimento de verba no valor de R$ 400 mil provenientes do Ministério da Cultura, que deverá ser utilizada em eventos no mês de janeiro, voltados a teatro, literatura e outras áreas culturais.

Presentes

Para Manu, o principal “presente” dado à cidade neste ano relaciona-se à infraestrutura. “Ganhamos vários presentes, que vão repercutir muito no próximo ano”, comentou.

“Sem dúvida, o maior presente foi o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do governo federal. Tatuí recebeu R$ 18,7 milhões para obras de pavimentação asfáltica de ruas novas e recapes de outras vias para o próximo ano. Foi a cidade que mais recebeu recursos em toda a região, mais que Sorocaba”, afirmou.

O prefeito também destacou a visita do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a Tatuí na quinta-feira da semana passada, 5, que anunciou novos investimentos para a cidade.

“O recurso anual do SUS (Sistema Único de Saúde) para a Santa Casa vai dobrar, e também teremos o dobro do número de leitos da UTI. São presentes para encerrar o ano com chave de ouro”, disse Manu.

Trabalho social

O Fundo Social de Solidariedade teve participação ativa na programação de final de ano. Além de ser responsável pelo curso que capacitou cerca de 80 alunos para a montagem da decoração, o FSS também está realizando um bazar de Natal, que comercializa produtos feitos por alunos de diversas oficinas durante todo o ano.

“Todos os itens vendidos no bazar são feitos nos nossos cursos. Temos oito centros de capacitação espalhados pela cidade, e lá são confeccionados tanto os produtos de artesanato e roupas quanto os artigos da cozinha”, afirmou a primeira-dama e presidente do FSS, Ana Paula Cury Fiuza Coelho.

O bazar é realizado no Centro Cultural, também na praça Martinho Guedes, 12. Diversos artigos de decoração, utilidades domésticas e roupas estão à venda. Podem ser encontrados produtos a partir de R$ 3.

“Nós temos, em média, dez cursos, como aulas de ajour, crochê, costura básica e muitos outros. No bazar, temos peças de todos os cursos do Fundo Social. Os alunos participam de todas as aulas sem custo nenhum”, comentou Ana Paula.

No Centro Cultural, também foi montada uma praça de alimentação, que comercializa uma série de produtos: pães, bolos, “cookies”, panetones, “cupcakes” (doce e salgado), lanches naturais, salgados e bebidas.

Todos os produtos gastronômicos também estão ligados ao Fundo Social e são produzidos pelas alunas em aulas de culinária. De acordo com a presidente do FSS, os cursos são uma forma de inserir os participantes no mercado de produtos artesanais.

“Sabemos de muitos alunos que produzem suas peças e vendem informalmente. Muitas das nossas alunas vendem pães nos bairros que moram, como renda principal ou adicional”, contou.

Ana Paula lembrou que a Prefeitura conta com a Sala do Empreendedor, espaço dedicado aos profissionais que desejam formalizar suas atividades e se tornarem microempreendedores. “Queremos dar toda essa estrutura”, disse.

A renda obtida com a venda de produtos do bazar será utilizada na manutenção dos próprios cursos oferecidos pelo FSS, em ações como compra de materiais, por exemplo.

Neste ano, as aulas já estão encerradas, mas o FSS permanece em funcionamento até o dia 31 de dezembro. Os cursos serão retomados em 1º de fevereiro de 2014.

“Conseguimos, com poucos recursos, fazer muitas coisas. E temos bastante novidades para o ano que vem. Pretendemos abranger mais os homens”, revelou a primeira-dama.

De acordo com a presidente do Fundo Social, Tatuí abrigará polo da construção civil que oferecerá, inicialmente, cursos de pedreiro, assentador de pisos e azulejos e encanador.

O Bazar de Natal do FSS funciona diariamente, das 9h às 21h, até o próximo dia 21, na Praça da Santa.

Atrações

A abertura oficial da Vila de Natal também deu início à programação oficial de fim de ano. Na segunda-feira, o evento contou com a apresentação do coral do Colégio Ideal.

A programação segue com apresentações diárias, sempre às 20h. Nesta terça, 10, a atração seria o coral infantil da Escola Adventista.

Na quarta-feira, 11, apresenta-se o coral do Projeto Guri, de Sorocaba. Na quinta-feira 12, espaço para duas atrações especiais: o Vozes de Natal, em parceria com uma TV, que reunirá os melhores corais da região na Praça da Matriz, e a Caravana Coca-Cola de Natal, que este ano terá desfile também no dia 18, com dois itinerários diferentes.

Na sexta-feira, 13, a festa prossegue na praça Manoel Guedes, às 19h30, com a última edição do ano do projeto Seresta com Ternura, que ganhará roupagem natalina; enquanto na Vila de Natal haverá a apresentação do Coro e Orquestra de Cordas da Escola de Música Center Cortez, às 20h.

Voltando à Praça da Santa, no dia 14, será a vez da apresentação da Banda Ternura Tatuí com o coral O Sagrado se Fez Gente. No dia 16, a atração será o coral da Igreja Nossa Senhora das Graças; no dia 17, o coral do Projeto Melhor Idade, do Fundo Social de Tatuí.

No dia 19, será a vez do coral Espaço Feliz; no dia 20, o coral Ecos de Louvor; no dia 21, coral Jovem Adventista de Tatuí; e no dia 22, fechando a programação natalina, o coral da Igreja Batista, Estrela de Davi.

O Réveillon acontecerá na Praça da Matriz, com queima de fogos e um baile-show com a Banda Vibe. Toda a programação é gratuita.

 
Caravana da Coca-Cola

A Caravana Coca-Cola terá dois roteiros neste ano. Na quinta-feira, 12, passará pela rua 11 de Agosto, avenida Antônio Ferreira Albuquerque, rua 15 de Novembro, rua São Bento, avenida Salles Gomes, rua Professora Chiquinha Rodrigues, rua Princesa Leopoldina, rua 7 de Setembro, avenida São Carlos, avenida Coronel Firmo Vieira, rua 11 de Agosto, rua Coronel Guilherme, rua Prudente de Moraes, rua José Bonifácio, praça Paulo Setúbal, rua Maneco Pereira, rua do Cruzeiro, rua Capitão Lisboa, avenida Pompeo Reali e rodovia SP-127.

Já no dia 18, chegará à rua Antônio Benedito Faustino Rosa, travessa Romeu Pichi, rua 15 de Novembro, rua Coronel Guilherme, largo Santa Cruz, rua Quintino Bocaiúva, rua Ernani Cavalcanti e Silva, rua Dionísio Quintino de Campos, rua José Roberto de Meneses, praça Galdino Antônio Silva, rua Teófilo Andrade Gama, rua Luiz França Costa, rua Benedito Nunes, rua Teófilo Andrade Gama, rua Juvenal de Campos, rua São Bento e avenida Doutor Salles Gomes.


Publicidade