‘Via Rápida Emprego’ realiza curso de metrologia em Tatuí

564
Publicidade





AC Prefeitura / Evandro Ananias

Carreta dotada de laboratório está estacionada na Avenida das Mangueiras


O programa “Via Rápida Emprego” realiza, em Tatuí, curso de metrologia. A capacitação tem início na próxima segunda-feira, 26, na unidade móvel do programa que está estacionada na avenida Cônego João Clímaco de Camargo, ao lado da Prefeitura. O veículo é equipado com laboratórios práticos.

De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura, o curso terá três turmas, com 20 vagas cada. Os alunos frequentarão aulas nos períodos da manhã, tarde e noite.

A duração total é de cem horas/aula, divididas em cinco horas diárias. Os interessados cadastraram-se pelo site do programa (www.viarapida.sp.gov.br) no mês de junho.

Publicidade

Tiveram prioridade pessoas desempregadas, maiores de 18 anos, com menor escolaridade, mulheres arrimo de família e pessoas com “maiores obrigações familiares”. Além de estudar, os alunos receberão bolsa-auxílio no valor de R$ 210.

O curso de metrologia capacita o profissional para atuar na indústria metal-mecânica, em funções que exijam utilização de instrumentos de medição como escalas, paquímetros e micrômetros.

“Trata-se de uma importante ferramenta de capacitação e inserção no mercado de trabalho. Tatuí vem crescendo decisivamente no panorama industrial e precisa ter gente capacitada e apta para atender à demanda de mão de obra”, destacou, por meio de nota enviada pela Prefeitura, o secretário municipal da Indústria e Desenvolvimento Econômico, Ronaldo José da Mota.

O Via Rápida Emprego é um programa coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia. Ele oferece cursos básicos, de curta duração, para qualificação profissional de acordo com as demandas regionais.

O objetivo é capacitar gratuitamente a população que está em busca de oportunidade no mercado de trabalho, ou que deseja ter o próprio negócio.

Em março, o prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, participou de audiência no Ceeteps (Centro de Educação Estadual Tecnológica “Paula Souza”), onde foi recepcionado pela diretora superintendente da instituição, Laura Laganá.

Durante o encontro, ele reivindicou a adesão ao “Via Rápida” e solicitou outros cursos vinculados ao Fundo Social de Solidariedade. Entre eles, panificação, confecção e de imagem pessoal (que inclui formação de cabeleireiro, manicure, pedicuro e maquiagem).


Publicidade