Veterano e novata vencem ‘Corrida Rural’

2250
Prova teve início às 16h, com participação de atletas da cidade e de outros municípios; evento encerrou o calendário esportivo de 2017 (foto: AI Prefeitura)

Roque Pereira da Conceição disputa há pelo menos quatro anos, Luciana Aparecida da Silva, há mais de dois. Em função do tempo, eles podem ser considerados veterano e novata na competição que fechou o calendário de provas de 2017.

Conceição e Luciana sagraram-se campeões da Corrida Rural “Diniz Pollo”, realizada no dia 31 de dezembro. A disputa já tradicional no município acontece há 15 anos e recebeu um total de 183 atletas, entre homens e mulheres.

Na categoria geral masculina, com 109 competidores, Conceição tornou-se o mais veloz. Ele terminou a prova de cinco quilômetros em 16min53s. Já Luiz Leopoldo, da equipe Camargo Running Team/Movimentar, cruzou a linha de chegada em segundo lugar. Ele completou o trecho com dois segundos a mais que o grande vencedor. Leopoldo finalizou com o tempo de 16min55s.

A terceira colocação ficou com Adenaldo de Souza Brito, da equipe ASB, a quarta, com Cleverson Stank, e, a quinta, com Jorge Augusto Valério. Eles registraram os tempos de 16min57s, 17min03s e de 17min14s, respectivamente.

Luciana venceu por uma diferença maior as adversárias na prova da categoria geral feminina, em comparação com os cinco primeiros colocados na masculina. Ela cruzou a linha de chegada em 20min31. Com uma marca um pouco maior, 21min26s, Luciana Ramos Marques sagrou-se vice-campeã.

O terceiro lugar ficou com Fabiana Silva Barros, da equipe Bill. Ela completou o percurso de cinco quilômetros com 22min19s. Beatriz Rodrigues da Silva Cardoso, da Sigma Runners, veio logo em seguida, cravando 22min48s. Já Marli Figueiredo Santos, da Bedulli, concluiu em 23min01s.

Em sua 15ª edição, a disputa atraiu 74 mulheres, mesclando competidoras de Tatuí e da região. As participantes – da mesma forma que os homens – foram divididas em cinco categorias. Cada uma reunindo competidores em faixas etárias distintas.

Além dos cinco primeiros colocados nas categorias geral masculina e geral feminina, a organização premiou os atletas com idades até 24 anos, de 25 a 34 anos, de 35 a 44 anos de idade, de 45 a 54 anos e acima de 55 anos. Os três primeiros colocados em cada uma dessas faixas etárias receberam troféus.

Em 2017, a Corrida Rural esteve a cargo dos grupos de corrida Sigma Run e Contra Tempo Running. A disputa recebeu apoio da Prefeitura, por meio do Setor de Corridas, Atletismo e Treinamentos da Secretaria Municipal de Esportes, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, e do Sesi (Serviço Social da Indústria) Runner.

A prova contou com patrocínio do Sagui Center Car e da Floricultura 4Centão. Apelidada de São Silvestre caipira a disputa é realizada no mesmo dia que a tradicional corrida internacional. Ela é considerada, atualmente, uma das mais importantes do calendário do município, atraindo competidores de várias partes do país.

O evento começou por meio de iniciativa de Diniz Pollo e tinha como objetivo a promoção da prática esportiva. Desde 2013, ela passou a ser organizada e gerenciada pela Prefeitura e recebeu o nome do criador, como homenagem.

Na época, Pollo explicou que a intenção era permitir uma profissionalização do evento. Até então a família dele era a responsável pela introdução de novidades, como o chip para registro do tempo de prova dos competidores, bem como as inscrições e a distribuição de camisetas com numeração.

A família dele também tinha a responsabilidade de divulgar a competição. Ficava encarregada, ainda, de levantar recursos para a compra de medalhas, troféus e prêmios em dinheiro.

Como nos anos anteriores, a disputa contou com suporte da GCM (Guarda Civil Municipal)e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) .

Em 2016, André Vieira de Camargo Lopes sagrou-se campeão da geral masculina, com o tempo de 33min31s. A prova das mulheres deu título a Andressa Macedo Rosa, em 50min05s.