Vereador ‘vai’ ao MP para pedir que rodeio local seja cancelado

331
Publicidade





O vereador José Márcio Franson (PT) protocolou, na segunda-feira, 7, ofício junto à Promotoria de Justiça de Tatuí solicitando o cancelamento do “Tatuí 2013 Rodeio Festival”. O evento está agendado para os dias 17, 18, 19 e 20 deste mês, contando com provas de montaria de bois e shows sertanejos.

No documento, também encaminhado aos veículos de comunicação, ele pede que o MP (Ministério Público) adote “providências cabíveis” com relação ao não cumprimento de item estabelecido no decreto estadual 40.400, de 24 de outubro de 1995.

O parlamentar cita o inciso XIII do artigo 1º e o artigo 23 para solicitar o cancelamento do rodeio. A solicitação apresentada por ele não inclui os shows.

De acordo com Franson, o decreto proíbe a realização de rodeios em perímetro urbano. O “Tatuí 2013 Rodeio Festival” estaria, segundo ele, irregular, uma vez que acontecerá em área localizada à margem da rodovia Antônio Romano Schincariol (SP-127), ao lado do batalhão da Polícia Militar.

Publicidade

Conhecido pelo trabalho em prol dos animais, o vereador discorda do evento, uma vez que ele representaria “tortura aos animais” (bois e cavalos usados nas provas de montarias que antecedem aos shows das noites).

Para compor o pedido, ele cita no ofício reportagem “Rodeio na cidade terá ‘cara’ e data novas”, publicada por O Progresso no dia 15 de setembro. O vereador vincula, ainda, o “link” da notícia na edição digital (http://www.oprogressodetatui.com.br/noticia.php?idmateria=305&idsecao=3#prettyPhoto).

Procurada, a assessoria de comunicação da Prefeitura informou que o Executivo “manteve a programação completa das festividades, enquanto aguarda a decisão do Ministério Público”.

A festa deverá acontecer por meio de parceria da Prefeitura com a empresa Cia. do Rodeio RR. Esta organizará o evento, sendo a responsável pela bilheteria, praça de alimentação e custeio.


Publicidade