Três propriedades da zona rural são alvos de ladrões neste mês

2353

Três propriedades localizadas na zona rural tornaram-se alvos de ladrões, de acordo com boletins de ocorrência registrados no plantão da Polícia Civil nos dez primeiros dias do ano. Os crimes ocorreram nos dias 1º, 4 e 9.

Os proprietários das três residências procuraram a Polícia Civil para relatar os casos apenas no dia 10. O primeiro deles, um aposentado de 58 anos, reside no Jardim Nossa Senhora de Fátima. A vítima conta que teve um celular Samsung, modelo J1, levado da propriedade, na madrugada do Ano-Novo.

Em depoimento, o homem disse que mora em uma edícula, nos fundos da propriedade principal. Ele declarou que o imóvel teve a porta de acesso arrombada. O aparelho havia sido deixado em cima de um móvel, no quarto do proprietário. A vítima relatou que o celular fora deixado carregando a bateria.

No bairro Queimador, dia 4, desconhecidos invadiram a propriedade de um engenheiro mecânico. A vítima conta que os criminosos levaram 90 metros de fios elétricos, holofotes e o relógio padrão do poste de energia elétrica.

De acordo com o proprietário, a ação dos criminosos foi captada por câmeras de segurança. O dono sustenta que os bandidos entraram no imóvel por volta das 21h. Eles quebraram vários vidros da casa e arrombaram a porta da cozinha. No entanto, não levaram nada desse cômodo.

Em outro ponto do município, perto do bairro Água Branca, a vítima foi um aposentado de 86 anos. O proprietário conta que, na manhã do dia 9, notou a falta de 400 metros de fiação de energia elétrica.

A vítima crê que o crime tenha sido cometido no período da manhã, pouco antes de caminhar pela chácara. Durante o percurso, o aposentado diz que deu pela falta dos fios. O material era usado para energizar a bomba de irrigação de uma horta.

Os três casos estão sendo investigados por policiais do 1º Distrito Policial.