Tik Tok é ‘desculpa’ para mulher com bebê sofrer violência doméstica em Tatuí

Da Redação

No domingo passado, 23, por volta das 10h30, policiais militares foram acionados para atender a uma ocorrência de agressão em um bairro da periferia da cidade.

No local, foi constatado tratar-se de mais um caso de violência doméstica em Tatuí, envolvendo uma auxiliar de cozinha de 18 anos e um operador de máquinas de 23 anos, que havia fugido antes da chegada da polícia.

Os policiais conduziram a vítima até o Pronto-Socorro para atendimento médico e, posteriormente, ao plantão policial.

Segundo relato dela, que está casada com o autor há dois anos e tem uma filha de um ano de idade com ele, a agressão ocorreu quando o acusado viu no celular dela que uma pessoa a estava “seguindo” no Tik Tok.

O operador acusou a vítima de traição e agrediu-a com o cabo de uma vassoura, causando ferimentos nas pernas e braços dela, conforme o boletim de ocorrência. Durante isso, a vítima conta estar segurando a filha no colo, que acabou sofrendo uma queda no chão, embora sem se ferir.

A auxiliar diz que essa não foi a primeira vez que sofreu agressões, mas ter sido a primeira que registrava em ocorrência. Ela solicitou as medidas protetivas de urgência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui