Tatuí tem menos de 2 confirmações diárias de coronavírus em sete dias

Município registra 2 novos óbitos em decorrência da doença no período

27
Publicidade
Da redação

Nos sete dias recentes, entre sábado passado, 6, e esta sexta-feira, 12, o balanço semanal de contaminação por Covid-19 em Tatuí permaneceu quase estável. Contudo, o município voltou a registrar mortes pela doença, após passar três semanas consecutivas sem vítimas fatais.

No período, a Vigilância Epidemiológica confirmou nove casos positivos da doença. Em comparação ao anterior (30 de outubro a 5 de novembro), quando a VE registrou sete exames positivos, houve aumento de 28,57%.

Com relação ao pico de infecções até o momento (entre os dias 29 de maio e 4 de junho deste ano), quando 979 casos foram notificados, a queda é de 99,08%.

A média de diagnósticos entre sábado e sexta-feira foi de 1,28 contaminação por dia. Durante o período, o município somou 278 notificações da doença, confirmou 9 e descartou 276.

Nos sete dias recentes, após passar três semanas consecutivas sem mortes pela doença, a curva de letalidade voltou a subir. Na terça-feira, 9, a Secretaria de Saúde recebeu a notificação de dois novos óbitos, referentes a um homem de 72 anos, que falecera na segunda-feira, 8, às 7h20, e de uma mulher de 72, falecida à 1h de terça-feira, 9, ambos na UTI da Santa Casa.

Publicidade

Com isso, Tatuí havia acumulado, até sexta-feira, 458 vítimas fatais do novo coronavírus, sendo 197 mulheres (133 na faixa dos 60 anos e 64 entre 29 e 59 anos) e 261 homens (170 acima dos 60 anos e 91 entre 29 e 59 anos).

Os números representam taxa de 2,49% de letalidade – índice calculado pelo número de óbitos em comparação à quantidade total de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus.

Até o boletim atualizado nesta sexta-feira, o município registrava 77.913 notificações da doença, sendo dois casos suspeitos aguardando resultado dos testes, 59.533 negativos (76,41%) e 18.378 positivos (23,59%).

Dos confirmados, 17.911 pacientes já estavam recuperados (97,46%) e nove ainda permaneciam em tratamento (0,05%): seis em hospitais e três em isolamento domiciliar. Dos casos suspeitos, dois estavam em tratamento hospitalar.

Nesta sexta-feira, conforme o boletim epidemiológico mais recente, a ocupação tanto de leitos clínicos quanto de UTIs reservados para o tratamento de pacientes com suspeita ou positivos para a Covid-19 mantinha-se abaixo do limite máximo.

O órgão municipal indica que a Santa Casa tem capacidade para 15 leitos de UTI. Nela, estava internado apenas um paciente com Covid-19, resultando em taxa de ocupação de 6%.

A VE ainda informa que os leitos clínicos para tratamento de Covid-19 no hospital público comportam 22 pacientes. No local, estavam internados cinco na sexta-feira, culminando em taxa de ocupação de 22%.

No hospital particular, havia dois pacientes internados em leitos clínicos. Já os leitos de UTI reservados aos casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 permaneciam vazios desde o dia 25 de setembro.

Covid-19 no estado

O governador João Doria anunciou na quarta-feira, 10, que 86% dos municípios de São Paulo (ou seja, 553 prefeituras) não registraram óbitos por Covid-19 na semana anterior.

Para o governo, o balanço “reflete o impacto positivo da campanha de vacinação para redução dos casos graves e mortes pela doença”. O estado tem 90% da população adulta com a imunização completa.

A melhoria nos indicadores é notada de forma sustentada no decorrer das duas últimas semanas. Não houve registro de novas mortes em 497 cidades entre 28 de outubro e 10 de novembro, ou seja, em 77% dos municípios.

A análise foi feita a partir de dados que estão disponíveis para consulta pública no boletim oficial do governo do estado e foram registrados pelas 645 cidades paulistas no Sivep, sistema oficial do Ministério da Saúde.

Na segunda-feira, 8, o estado não registrou nenhum óbito por Covid-19. Desde que a primeira morte pelo coronavírus ocorreu no estado, em março de 2020, esse foi o primeiro dia em que não houve nenhum registro de mortes.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome