Tatuí registra 15 mortes em 96h por Covid

Pior início de semana desde 2020, tem média de 3,75 óbito por dia e 203 falecimentos

253
Publicidade
Da redação

Mais uma vez, Tatuí voltou a atingir um recorde negativo da pandemia. Na terça-feira, 6, a cidade registrou o maior número de mortes por Covid-19, em um início de semana desde as confirmações de óbitos. Em apenas 96 horas, foram confirmados mais óbitos do que em qualquer uma das semanas anteriores.

No período compreendido entre o sábado, sábado, 3, e a terça-feira, 6, a Secretaria Municipal de Saúde notificou 15 óbitos em decorrência do novo coronavírus, de acordo com dados atualizados diariamente pela Vigilância Epidemiológica.

O recorde negativo deu-se pelo fato de que, em apenas quatro dias, foram confirmados mais óbitos do que em qualquer uma das semanas anteriores desde março de 2020.

Até então, o pior desempenho havia sido registrado no início da semana retrasada, de 20 a 23 de março, com dez óbitos notificados. No começo da semana anterior (entre os dias 27 e 30), foram registradas nove mortes pela doença, indicando um aumento de 66,67% no número de óbitos no atual período.

Até sexta-feira, 2, a cidade somava 187 vítimas fatais do coronavírus, com a doença matando mais homens que mulheres. Ao todo, 91 mulheres (67 na faixa dos 60 anos e 24 entre 29 e 59 anos) e 96 homens (75 acima dos 60 anos e 21 entre 29 e 59 anos) haviam falecido.

Publicidade

Entre as vítimas fatais notificadas no atual período, o órgão municipal informou, na manhã de sábado, 3, a morte de um homem de 77 anos, falecido no dia anterior, às 12h30, na unidade de terapia intensiva da Santa Casa de Misericórdia.

Quatro óbitos foram confirmados pela VE na segunda-feira, 5, incluindo duas mulheres, de 62 e 82 anos. A idosa de 82 anos faleceu na sexta-feira, 2, enquanto estava internada na emergência da UPA (unidade de pronto atendimento). Já a outra vítima morreu no dia anterior, durante internação na “clínica Covid” da Santa Casa de Misericórdia.

As duas outras mortes informadas no mesmo dia são de dois homens, de 70 e 71 anos, ambos falecidos na UTI da Santa Casa. O paciente de 70 anos morreu no sábado, 2, às 23h17, e o outro no domingo, 4, às 4h45.

No mesmo relatório, a VE notificou um óbito com suspeita do novo coronavírus. Trata-se de uma mulher de 32 anos que chegou a ser atendida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas faleceu na manhã do dia anterior, às 9h32.

As mortes mais recentes pela doença foram informadas na manhã desta terça-feira, 6. Através do relatório epidemiológico, o órgão municipal indicou ter notificado, ao todo, mais nove óbitos de moradores com testes positivos para Covid-19.

Entre os óbitos, estão quatro vítimas que morreram no domingo, 4: uma mulher de 72 anos, às 12h30, na “clínica Covid” do hospital particular; uma mulher de 58 anos, às 15h30, na emergência do Pronto-Socorro Municipal; uma idosa de 98 anos, às 15h50, também na emergência do PS; e um homem de 46 anos, às 16h55, na unidade de terapia intensiva da Santa Casa de Misericórdia.

Outros quatro falecimentos aconteceram na segunda-feira, 5, na UTI da Santa Casa, sendo de uma mulher de 63 anos, às 11h; um homem de 44 anos, às 18h30; um homem de 58 anos, às 18h50; e um paciente também de 58 anos, às 22h40. Ainda na UTI do hospital público, um homem de 67 anos faleceu nesta terça-feira, 6, à 1h.

Com o recorde negativo, até esta terça-feira, o município somava 202 vítimas fatais do novo coronavírus, sendo 98 mulheres (74 na faixa dos 60 anos e 24 entre 29 e 59 anos) e 104 homens (79 acima dos 60 anos e 25 entre 29 e 59 anos).

Os números representam taxa de 2,13% de letalidade – índice calculado pelo número de óbitos em comparação à quantidade total de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus.

Em contrapartida, a curva de contaminação da Covid-19 caiu 19,89%, nas 96 horas recentes. Neste período, o órgão da pasta de Saúde notificou, por meio de exames laboratoriais, 294 novos casos confirmados da doença. No início do período anterior (entre os dias 27 e 30), foram 367 positivos.

Com o balanço, a média de diagnósticos, entre sábado e terça-feira, ficou em 73,5 infectados por dia e 3,06 por hora. No período, o município registrou 949 novas notificações da doença, confirmou 294 e descartou 709 casos suspeitos.

Até o dia 3, sexta-feira da semana passada, o município registrava 37.145 notificações da doença, sendo 33 casos suspeitos aguardando resultados dos testes, 27.952 descartados e 9.160 positivos. Já na terça, 6, até a divulgação do boletim, atualizado por volta das 10h50, Tatuí alcançou a marca de 38.094 notificações, sendo 28 suspeitas, 28.612 descartes e 9.454 confirmações.

Dos confirmados, 8.874 pacientes já estavam recuperados (93,8%) e 378 ainda permaneciam em tratamento. Desses, 80 estavam sob cuidados em hospitais e 298 se tratavam em isolamento domiciliar. Entre os casos suspeitos, havia um óbito e 27 seguiam em tratamento, quatro em hospitais e 23 em casa.

 

Publicidade