Tatuí recebe mais de 200 atletas em etapa do Paulista de Shinkyokushin

469
A última vez que Tatuí sediou grande evento da modalidade foi em 2014 (foto: Divulgação)

Neste domingo, 18, o município é sede da terceira etapa da Copa Paulista de Karatê Full Contact Shinkyokushin. O torneio, realizado nas dependências do Clube de Campo, a partir das 9h, deve contar com a participação de mais de 200 caratecas.

Além dos tatuianos, participam das competições atletas de Piedade, Osasco, Barueri, Carapicuíba, Ribeirão Pires, São Bernardo do Campo, Biritiba Mirim, Jabaquara e Embu-Guaçu. Ainda deve haver a presença de competidores dos estados do Rio de Janeiro e do Mato Grosso do Sul.

As disputas acontecem nas categorias kata (formas), kihon geiko (formas simples) e shiai kumite (lutas).

O evento tem organização e supervisão da Federação Paulista e Confederação Brasileira de Full Contact, com apoio da prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, e realização da Academia Ronin, por meio do sensei Daniel Martino.

O sensei destaca que a Copa Paulista atrai a presença de diversos atletas que estão classificados para o mundial da categoria, a ser realizado no mês de novembro, em Tóquio, no Japão.

Martino reforça a importância do evento deste domingo, pois é utilizado pelos caratecas como preparação ao Campeonato Mundial de Karatê. Entre eles, está o tatuiano Lucas Cavalheiro, atleta da Academia Ronin.

“Ele está classificado ao mundial e vai ao Japão em novembro, mas, antes, vai representar a cidade neste final de semana”, comentou Martino.

Em 2014, o sensei foi responsável pelo município sediar o último torneio de grande porte da modalidade, a 19ª edição do Campeonato Brasileiro de Karatê Full Contact Shinkyokushin. Segundo ele, “não é fácil trazer uma competição, principalmente, as de alto nível”.

Conforme Martinho, os espectadores podem acompanhar atletas com experiências em torneios nacionais e internacionais.

“Apesar de ser uma etapa paulista, essa competição conta com campeões sul-americanos em modalidades juvenis e de kata. Por isso, o torneio tem um nível muito alto”, completou o sensei.