Tatuí chega a 225 casos positivos de Covid

391
Publicidade
Da reportagem

Nos 85 dias recentes, a Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria Municipal de Saúde, registrou 913 notificações por Covid-19. Do total, 24,64% dos casos foram confirmados por meio de exames, o que representa 225 moradores infectados – outras 649 ocorrências foram descartadas.

No mesmo período, 13 pessoas faleceram em decorrência da doença. O óbito mais recente é de uma mulher de 82 anos. A paciente esteve internada na Santa Casa de Misericórdia e faleceu no domingo, 7, sendo sepultada no Cemitério São João Baptista.

A morte da paciente havia sido informada como suspeita em boletim na segunda-feira, 8, e confirmada como positiva em relatório atualizado pelo órgão na terça-feira, 9, por volta das 12h.

Segundo o mesmo boletim, a VE ainda aguardava os resultados dos exames de 39 pacientes com suspeita da doença, entre eles, um caso de óbito, de uma mulher de 68 anos, falecida na tarde de segunda-feira, 8, também na Santa Casa.

De acordo com os relatórios da VE, somente nos últimos quatro dias, 26 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus – aumento de 13,06% em relação aos dados divulgados na sexta-feira, 5 (data de fechamento da edição anterior).

Publicidade

Na ocasião, a cidade somava 827 notificações da doença, das quais 23 pacientes aguardavam resultado dos testes, 519 estavam descartadas e 199 confirmadas (140 curados, 47 ainda em tratamento e 12 óbitos).

Somente na terça-feira, além dos casos de óbitos (suspeito e confirmado), a VE recebeu a notificação de 18 casos positivos (13 mulheres e cinco homens), 51 suspeitos (19 homens e 32 mulheres) e 22 descartados (13 homens e nove mulheres).

Dos novos casos suspeitos, duas pacientes, de 77 e 100 anos, estavam internadas em isolamento na Santa Casa de Misericórdia, com quadros estáveis, e um homem, de 34 anos, precisou ser internado na UTI do hospital particular, com quadro que “inspirava cuidados”.

Até a divulgação do boletim mais recente, estavam internados na Santa Casa dez pacientes, sendo três na UTI, com quadros que inspiravam cuidados (um positivo e dois suspeitos), e sete suspeitos, no isolamento, com quadros estáveis, todos aguardando o resultado de testes.

No hospital particular, estavam internados sete pacientes, sendo três na UTI (dois positivos e um suspeito), com quadros que inspiravam cuidados, e quatro (um positivo e três suspeitos) no isolamento, com quadros estáveis.

Dos 225 casos confirmados, 175 pacientes estavam recuperados, 13 morreram e 37 ainda estavam em tratamento: quatro em hospitais e 33 em domicílio. Dos 39 casos suspeitos, além do óbito, 13 estavam internados e 25 seguiam em isolamento domiciliar.

Outros dois casos positivos e oito suspeitos haviam sido registrados na segunda-feira, 8.  Na ocasião, além da morte suspeita por coronavírus – caso confirmado na terça-feira – o órgão informara que duas mulheres, de 55 e 56 anos, testaram positivo para a doença e cinco homens e três mulheres aguardavam resultado dos testes.

Entre os suspeitos, dois homens precisaram ser internados em ala de isolamento, sendo um paciente de 66 anos, no hospital público, e outro, de 55 anos, no particular. O relatório não informou a idade das outras seis pessoas, que aguardavam os resultados dos testes em isolamento domiciliar.

Na manhã de domingo, 7, a saúde informara ter registrado dois casos positivos (duas mulheres), três suspeitos (dois homens e uma mulher) e quatro descartados (dois homens e duas mulheres). A nota dizia que os pacientes apresentavam quadros de saúde estáveis, mas não indicava a idade.

Na manhã de sábado, 6, foram registrados quatro novos casos positivos da doença, de dois homens e duas mulheres. Todos apresentavam quadros de saúde estáveis e realizavam tratamento domiciliar.

Além disso, foram divulgados 18 casos descartados (16 homens e duas mulheres) e 24 novas suspeitas, envolvendo 15 homens e nove mulheres.

Com exceção de duas mulheres, com quadros estáveis, que precisaram ser internadas em alas de isolamento – uma de 49 anos, em hospital particular, e outra de 70, na Santa Casa de Misericórdia -, as outras 22 pessoas foram liberadas para isolamento domiciliar.

Publicidade