Super Copa Boleiros terá Santa Luzia e Boa Sorte na decisão

385
Atuais campeões do certame, Santa Luzia e Vila Angélica fizeram uma das semifinais (foto: Güi Gonçalves)

A terceira edição da Super Copa Boleiros tem a final definida. O torneio promoveu, na tarde de sábado, 26 de outubro, as duas semifinais na “quadra 1” do Grando Sports Society.

A decisão do campeonato society será entre Santa Luzia e Boa Sorte Club. De acordo com o organizador do certame, Mauri Gonçalves, o Güi, a final pode ser disputada em duas partidas em dois sábados, dias 9 e 23 deste mês, porém, até o momento, ainda não houve confirmação.

As duas equipes finalistas conquistaram a classificação ao vencerem partidas “recheadas” de gols. Em apenas dois jogos, as redes da quadra 1 do Grando Sports foram balançadas em 22 vezes.

A primeira semifinal da competição colocou frente a frente os campeões do certame no ano passado. Em 2018, a “Super Copa” teve a Vila Angélica como campeã da série “ouro” e a Santa Luzia, como vencedora da “prata”.

Dona da melhor campanha da fase inicial, com 100% de aproveitamento, o ataque e a defesa mais efetivos, com 30 gols marcados e 4 sofridos, a Santa Luzia confirmou o favoritismo e superou a Vila Angélica por 4 a 2.

Os atletas Romário, Amarildo, Djalba (um gol), Derique, Genilso, Gerson, Giovane (três), Henrique, Laudenir, Mateus Henrique, Renato, Tiago e Welson, comandados pelos técnicos Valdeci Ribas e Adailton Ferreira, representaram a equipe finalista.

Já a Vila Angélica jogou com: Denis, Bruno, Diogo, Ediel, Gabriel, Givaldo (um gol), Jonas, Lucas, Mateus Henrique (um), Paulo, Guilherme e Elias. Diogo Vinicius e David Ferreira são os técnicos da agremiação.

Na outra semifinal, Itaruban e Boa Sorte Club protagonizaram uma “chuva de gols” no Grando Sports. Ao término do tempo regulamentar, melhor para o Boa Sorte, que conquistou a vaga na decisão com o placar de 10 a 6.

Para chegar à final, o Boa Sorte Club contou com: Charles, Cláudio Mendes, Edneu (um gol), Felipe (três), Yuri (dois), Jhonatan Marçal, João Paulo (um), José Antônio, Marcos (dois), Renato, Vinicius e Djalma Júnior (um).

Já a Itaruban foi à quadra com: Rodrigo, Bruno (um gol), Douglas (um), Fábio, Giovani Paes (um), Henrique (um), Israel, Jorge Luiz, Juliano, Tadeu, Valdir e Igor (dois). Gaspar Gasparetto comanda o time.

O trio de arbitragem das partidas foi formado por Edmilson Santos, Lucas Fontoneli e Márcio Gonçalves.