Seminário fecha programação da Incubadora de Grupos Artísticos

706
Atividades de imersão em improvisação realizada ao longo do projeto (foto: divulgação)

O encerramento do projeto “Incubadora de Grupos Artísticos”, realizado em Tatuí desde maio deste ano pelo grupo de teatro Os Geraldos (Campinas-SP), acontece no próximo sábado (11), das 14h às 20h, no Centro Cultural. A entrada é gratuita e não há necessidade de inscrição prévia.

O evento contará com cerimônia de encerramento; apresentações de trechos de trabalhos de oito grupos que participaram dos encontros de consultorias para grupos artísticos durante o ano de 2017; e entrega de certificados aos grupos participantes.

Ao todo, foram dez encontros presenciais de consultoria, além de orientações não presenciais pela internet. Os encontros abordaram os temas “gestão”, “produção” e “comunicação” e contaram com a participação de 28 grupos artísticos e três projetos individuais, de 12 munícipios.

Além das consultorias, o projeto contou com apresentação de seis espetáculos, sendo três do grupo de teatro Os Geraldos e três de grupos convidados; seis oficinas teatrais abertas à comunidade; e três imersões artísticas com os temas “improvisação”, “interpretação” e “direção e dramaturgia”.

As ações do projeto atingiram, até agora, um total de 1.800 pessoas diretamente. Já as ações de divulgação ultrapassam o número de 500 mil pessoas. Até o final do projeto, a projeção de público direto é de mais de 2.000 pessoas, de aproximadamente 20 munícipios.

Os Geraldos

Indicado ao Prêmio Governador do Estado em 2017, na categoria Territórios Culturais, o grupo Os Geraldos foi fundado em 2008, em Campinas, e já se apresentou, com seus cinco espetáculos, em mais de 70 cidades, de nove estados brasileiros, além de festivais nacionais e internacionais em países como Marrocos, Argentina e Peru, atingindo mais de 30 mil pessoas.

Concomitante ao exercício artístico, com criação e intensa circulação dos espetáculos, os integrantes desenvolvem pesquisas de mestrado e doutorado, tendo sempre em vista o compartilhamento dos estudos, que se desdobra em projetos importantes de democratização do acesso à cultura, como o curso de formação de atores e o Incubadora de Grupos Artísticos. Desde 2013, participa do projeto “Ademar Guerra”, por meio do qual contribui para o desenvolvimento de grupos teatrais, sobretudo no interior paulista.