Santa Casa terá ‘gripário’ a partir desta 2a

1163
Espaço faz parte de uma nova fase do planejamento do Comitê Prevenção e Enfrentamento ao Covid-19 (AI Prefeitura)
Publicidade
Da reportagem

A Santa Casa de Misericórdia de Tatuí contará com um “gripário” a partir de segunda-feira, 27. O espaço – com entrada pela avenida das Mangueiras – será reservado a pessoas com sintomas de Covid-19 e centralizará o atendimento necessário para detecção e tratamento da doença.

A secretária da Saúde, Tirza Luiza de Melo Meira Martins, informou que um dos objetivos do novo espaço é “prestar atendimento mais rápido e mais eficiente” aos pacientes que apresentam sintomas do novo coronavírus.

O equipamento da Secretaria de Saúde funcionará de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h, disponibilizando uma equipe exclusiva de profissionais da Saúde e representará mudanças na estrutura de assistência.

Tirza informou que, a partir de segunda, todas as pessoas que apresentarem tosse, febre, coriza, diarreia, vômito, dor de cabeça ou outros sintomas relacionados à Covid-19 devem, preferencialmente, procurar o “gripário” para serem atendidas.

“Lá, o paciente com sintoma será acolhido, passará por triagem, consulta médica e, se o profissional julgar necessário, poderá dar andamento em exames laboratoriais, tomografia, tudo dependendo da gravidade do caso e a avaliação médica, além de fazer o teste para detectar a doença”, informou a secretária.

Publicidade

Segundo ela, o espaço exclusivo faz parte de uma nova fase de planejamento do Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19 e deve centralizar todo o atendimento necessário para a detecção precoce e ter “mais sucesso” no tratamento da doença.

Além disso, Tirza ressaltou que, a partir de segunda-feira, todos os testes para diagnosticar a doença deixarão de ser realizados nas unidades básicas de saúde, sendo os pacientes submetidos aos testes somente no “gripário”.

“Na primeira fase do planejamento, nós intensificamos os testes durante 15 dias nas unidades de saúde (urbanas e rurais). Agora, vamos ter um local exclusivo, para melhorar as condições de atendimento ao paciente”, afirmou a secretária.

Tirza explicou que as pessoas com sintomas de Covid-19 continuarão sendo atendidas nas unidades de saúde, contudo, em caso de necessidade de diagnóstico da doença, uma data será agendada e o paciente será encaminhado ao “gripário”, para que possa ser submetido à testagem.

“No gripário, vamos ter dois tipos de atendimento: o agendado, para pacientes encaminhados pelas unidades de saúde, e a demanda espontânea. Se a pessoa tiver sintoma e quiser ir diretamente ao gripário, também pode”, pontuou a secretária.

Quanto aos procedimentos e requisitos para a realização dos testes, Tirza apontou ser necessário a avaliação médica. “É o profissional quem vai dizer se é necessário realizar o teste e qual o melhor tipo de testagem, tudo vai depender da gravidade dos sintomas”, assegurou.

Segundo a secretária, a prefeitura manterá a Central de Controle da Covid-19, na qual são acompanhados todos os casos de pacientes que apresentam sintomas gripais. Todos serão cadastrados, e uma equipe de profissionais da Saúde acompanha, por meio de ligações, a evolução dos casos durante 14 dias.

As que permanecem com sintomas são orientadas, se necessário, têm acompanhamento médico, são medicadas e fazem o teste para Covid-19, que pode ser por amostra da mucosa das vias respiratórias (RT-PCR) ou o sorológico (teste rápido).

Conforme Tirza, o acompanhamento dos pacientes é necessário para aumentar a eficácia das testagens. Os testes utilizados funcionam por meio da pesquisa de anticorpos (IgG e IgM) produzidos contra o vírus e só aparecem quando a doença está em curso, sendo detectáveis após o oitavo ou décimo dia da infecção.

“É importante salientar que nós vamos manter a intensificação dos testes. Eles vão continuar sendo realizados em todas as pessoas que têm sintomas, porém, agora em lugar único e exclusivo para as testagens”, concluiu a secretária.

Publicidade