Santa Casa receberá mais R$ 1 mi em repasses de deputados federais

249
Publicidade





Depois de anunciar um pacote de R$ 9 milhões em recursos municipais para o “reenquadramento estratégico” da Santa Casa – que possibilitará repasses mensais de R$ 159 mil todo mês para custeio –, o prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, confirmou mais investimentos para o hospital da cidade.

Conforme a assessoria de comunicação da Prefeitura, mais de R$ 1 milhão estarão disponíveis a partir de emendas parlamentares. Os recursos são “fruto da articulação política do próprio Manu, do vice-prefeito Vicente Aparecido Menezes e de alguns vereadores que usaram seus contatos para beneficiar a entidade”, informou o setor.

Na lista das lideranças que contribuíram com o hospital, estão: o senador Eduardo Suplicy (PT), os deputados federais Gabriel Chalita (PMDB), Devanir Ribeiro (PT), Guilherme Mussi (PP), Otoniel Lima (PRB), Milton Monti (PR) e Cândido Vaccarezza (PT).

“Criamos uma força tarefa, prefeito, vice-prefeito e vereadores para usarmos nossos contatos em favor da Santa Casa e o resultado, certamente, irá auxiliar de maneira significativamente nosso hospital”, argumentou, em nota, o prefeito.

Publicidade

Conforme a assessoria de comunicação, o senador Suplicy obteve recursos de R$ 200 mil, após intervenção de Vicentão, para a compra de equipamentos. Já o deputado Chalita, a pedido do prefeito, obteve R$ 130 mil para novas máquinas.

Ainda de acordo com a assessoria, o deputado Ribeiro, a pedido do vereador Dione Batista (PDT) e do líder comunitário do Jardim Santa Rita, Alessandro Lirola, conquistou R$ 200 mil para a compra de material médico-hospitalar; enquanto que o deputado Mussi, por intervenção da vereadora Rosana Nochele Pontes (Pros), obteve R$ 250 mil para compra de novos equipamentos.

A assessoria também informou que o deputado Otoniel Lima, a pedido do prefeito e do vereador José Eduardo Perbelini (PRB), conseguiu verba de R$ 300 mil para ser utilizada na reforma de uma das alas que será definida pela própria instituição.

Além dessas emendas parlamentares, a Santa Casa deve receber R$ 850 mil para compra de equipamentos, a partir de articulação com os deputados federais, Monti e Vaccarezza.

Segundo a Prefeitura, a aprovação do valor das emendas já foi encaminhada e aguarda apenas liberação pelo Ministério da Saúde.

“Graças a esses repasses, poderão ser adquiridos equipamentos, como: ventilador pulmonar, raios-X, carrinho de emergência, arco cirúrgico, entre outros. Sempre adequando a necessidade da Santa Casa ao valor de cada convênio”, disse o prefeito.

Emendas estaduais

Conforme a Prefeitura, a Santa Casa contou, também, com auxílio de outros três deputados estaduais. Segundo nota, Celso Gíglio (PSDB) que, “depois de um trágico acidente teve sua vida salva pelo trabalho do hospital de Tatuí”, liberou R$ 80 mil para custeio.

O deputado Hamilton Pereira (PT) destinou R$ 80 mil para manutenção da entidade. E o deputado José Afonso Lobato (PV) garantiu R$ 120 mil para compra de um novo equipamento de raio-X.


Publicidade