Sala SP sedia concerto especial do CDMCC

262





DIvulgação

Apresentação realizada pela Orquestra e Coro do Conservatório de Tatuí na Sala São Paulo em fevereiro de 2014

 

Trechos da Ópera “L’Elisir d’Amore”, de G. Donizetti, compõem o repertório a ser apresentado por dois importantes grupos do Conservatório de Tatuí na noite de segunda-feira, 29. A Orquestra Sinfônica e o Coro Sinfônico – que levam o nome do Conservatório de Tatuí – têm concerto especial a partir das 21h na Sala São Paulo, na capital. Os ingressos são gratuitos e podem ser retirados na bilheteria da casa de espetáculos.

Os grupos se unirão para as comemorações dos 60 anos da maior escola de música, luteria e artes cênicas, com participação de cinco solistas. O concerto tem regência dos maestros João Maurício Galindo (da Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí) e Cadmo Fausto (do Coro Sinfônico do Conservatório de Tatuí).

Participam da apresentação de trechos da ópera, os solistas Camila Titinger, Jean William Silva, Johny França, Pedro Ometto e Taiane Ferreira Gomes. Dos solistas especialmente convidados, com carreiras consolidada, Taiane é aluna do Conservatório de Tatuí.

Os ingressos para assistir ao espetáculo podem ser retirados na bilheteria da Sala São Paulo, de até sexta-feira, das 10h às 18h, ou o início do concerto na segunda-feira, 29. O endereço é a praça Júlio Prestes, 16, tanto para a Bilheteria Boulevard (andar térreo) como para a Bilheteria Estacionamento (localizada no 1º subsolo). Mais informações sobre o espaço são fornecidas pelo fone (11) 3223-3966.

O concerto é uma das ações a marcar os 60 anos da única instituição mantida pelo governo de São Paulo a funcionar seis décadas sem nenhuma interrupção. Nesse período, a escola formou milhares de músicos, atores e luthiers que, hoje, atuam em todo país e exterior.

Este é o primeiro concerto totalmente organizado pelo Conservatório de Tatuí na Sala São Paulo.

A Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí foi criada em 1985 para dar suporte à performance dos estudantes da área de cordas sinfônicas da instituição. O grupo é formado por professores e alunos bolsistas, dando a estes últimos a oportunidade de oferecer uma ampla experiência do repertório sinfônico e também uma antevisão de um possível ambiente de trabalho.

A Orquestra do Conservatório de Tatuí possui uma bagagem artística invejável. Recebe regularmente diversos regentes consagrados, como Roberto Tibiriçá, Felix Krieger, Abel Rocha, Aylton Escobar, Rodrigo de Carvalho e Gottfried Engels. Dentre os solistas estão Arnaldo Cohen, Gilberto Tinetti, Alex Klein, Antonio Lauro Del Claro, Fabio Cury, Tatjana Vassiljeva, Rosana Lamosa, entre muitos outros.

De caráter pedagógico, a orquestra também realiza uma série de concertos didáticos cujo objetivo é fomentar o contato com a música clássica, principalmente entre as crianças das escolas públicas.

Há 11 anos, o grupo tem João Maurício Galindo à frente como regente titular. Considerado um dos melhores maestros brasileiros da atualidade, ele cumula experiência como regente da Orquestra Amazonas Filarmônica, da Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo, e maestro convidado frente a muitas outras, como a Sinfônica de Campinas, Sinfônica do Paraná, Petrobrás Sinfônica do Rio de Janeiro, Filarmônica de Belgrado, Sinfônica de Bari (Itália) e Orquestra Sinfônica de Roma. Foi também regente da Orquestra de Alunos dos Festivais de Campos do Jordão em 1998, 2000 e 2002.

Fundado em 1988, o Coro Sinfônico do Conservatório de Tatuí é formado por cerca de 30 alunos bolsistas e professores-monitores da instituição. O grupo oferece aos estudantes uma ampla experiência do ambiente profissional voltado para a atividade coral.

O Coro Sinfônico vem realizando apresentações importantes de repertório a capella, de música brasileira, repertório sinfônico e óperas. Uma das características marcantes do grupo é o destaque dado à interpretação cênica das músicas.

O grupo é regido por Cadmo Fausto, que iniciou atividades musicais aos oito anos de idade, ao piano. Premiado em diferentes concursos de piano, estudou no Conservatório de Tatuí, Escola Municipal de Música de São Paulo (na classe de composição de Osvaldo Lacerda) e concluiu bacharelado em piano na Universidade São Judas Tadeu na classe de Maria José Carrasqueira.

É mestre em Educação, pela Universidade de Sorocaba e soma atuações variadíssimas e cursos de regência coral com vários regentes internacionais. Atualmente, trabalha com coros mistos, feminino, da terceira idade e infantis.