Sabesp anuncia pacote ‘milionário’ no saneamento básico de Tatuí

Investimentos no tratamento de água devem ultrapassar R$ 54 milhões

Prefeito Cardoso Júnior, Antônio Carlos Teixeira e Maurício Tápia observam futuras instalações (foto: Fábio Morgado Rotta)
Da reportagem

Nesta sexta-feira, 29, foram realizadas a cerimônia de anúncio de investimentos e ampliações do saneamento básico de Tatuí e uma visita técnica na Estação de Tratamento de Esgoto Ceagesp (ETE) da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), no bairro Barreiro.

Do evento, participaram o prefeito Miguel Lopes Cardoso Júnior, o diretor dos sistemas regionais da Sabesp, Antonio Carlos Teixeira, e o superintendente da unidade de negócios da Sabesp no Médio Tietê, Maurício Tápia.

No encontro, foram assinados os documentos referentes à licitação das obras de adequação do setor de abastecimento e, ainda, da negociação da dívida da Santa Casa de Tatuí, realizada em maio deste ano. Os investimentos no tratamento de água na cidade ultrapassam R$ 54 milhões, do total de R$ 436 milhões reservados aos 35 municípios que englobam a região do Médio Tietê.

Também estiveram no evento: o superintendente de empreendimentos da Sabesp, José Francisco Júnior; o gerente regional da empresa, Adriano José Branco; os secretários municipais Ricardo Barbará da Costa Lima, dos Serviços Públicos e Zeladoria; Renato Pereira de Camargo, do Governo e Negócios Jurídicos; Gustavo Duarte Elias de Almeida, da Administração e Transporte Público; Aniz Eduardo Boneder Amadei, da Fazenda, Finanças, Planejamento e Trabalho; Marco Luiz Rezende, das Obras e Infraestrutura; Miguel Ângelo de Campos, da Segurança Pública e Mobilidade Urbana; José Hélio de Oliveira Júnior, da Agricultura e Meio Ambiente; Alessandro Bosso, da Assistência e Desenvolvimento Social; Elisângela da Costa Rosa Cecílio, da Educação; Cassiano Sinisgalli, do Esporte, Cultura, Turismo e Lazer; Elaine Leite de Camargo Miranda, dos Direitos Humanos, Família e Cidadania; Tirza Luiza de Melo Meira Martins, da Saúde; o chefe de gabinete da prefeitura, Christian Pereira de Camargo; e o assessor da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, Família e Cidadania, Wilian Alexandre Nunes da Silva.

De acordo com Tápia, Tatuí está sendo contemplada com investimentos que visam expandir a coleta de esgoto “rumo à universalização do atendimento”, além de aumentar a oferta de água, “contribuindo para a melhoria da saúde e qualidade de vida da população, com reflexos no desenvolvimento econômico da cidade”.

Segundo o superintendente no Médio Tietê, foram perfurados dois novos poços profundos, os P1 e P2, e construídas duas novas estações elevatórias de água bruta para o bombeamento desses sistemas produtores, além de mais um poço, o P3, no bairro Enxovia, beneficiando em torno de 1.800 moradores.

Está em andamento, também, a perfuração do quarto poço, o P4, com a previsão de conclusão para o segundo semestre deste ano. Ele reforçará o abastecimento e beneficiará toda a população.

“Esperamos que, com as novas benfeitorias, a estação de tratamento possa ficar mais desafogada quanto ao fornecimento de água à população de toda a cidade”, disse Tápia.

Outro projeto mencionado no evento foi a ampliação e a reforma da ETE. Os trabalhos tiveram início em novembro de 2021 e seguem com os serviços de movimentação de terra para novas lagoas e a construção de novos leitos de secagem.

“São 40 empregos diretos e mais de 200 indiretos com a realização desta importante obra que revolucionará a questão da distribuição de água para os munícipes”, declarou Teixeira, durante a visita técnica.

Segundo o diretor, o empreendimento está orçado em mais de R$ 27 milhões, cuja previsão de conclusão está prevista para o primeiro semestre de 2024.

Também estão em processo licitatório as obras para execução do sistema de esgotamento sanitário do bairro Novo Horizonte, que compreenderá coletor tronco, redes coletoras e ligações de esgoto para o atendimento a cerca de 1.200 residentes na região.

De acordo com Teixeira, outro pacote de obras em licitação corresponde a um reservatório no Jardim Paulista, com mais de sete quilômetros de adutora e três de rede de água encanada. “Serão instalados macromedidores e válvulas de redução de pressão para a adequação do setor de abastecimento”, explicou.

De acordo com Teixeira, o investimento da Sabesp em Tatuí é um dos mais expressivos no Médio Tietê, já que é o segundo maior município compreendido nesta região, que emprega mais de 200 funcionários, ficando atrás somente de Botucatu.

“O nosso maior capital é o humano, os nossos servidores, que fazem acontecer. É um pessoal capacitado e dedicado que trabalha em equipe e merece toda a nossa gratidão”, mencionou.

Implantado em 2020, o Novo Marco Legal do Saneamento Básico possibilitou, entre outros aspectos, a expansão de programas importantes da Sabesp. São ações que buscam universalizar o abastecimento de água tratada, além da coleta e tratamento de esgotos em todas as 375 cidades atendidas pela companhia.

“Estamos expandindo a coleta de esgoto rumo à universalização do atendimento – iniciativa que contribui para a melhoria da saúde e qualidade de vida da população com reflexos no desenvolvimento econômico dos municípios”, afirmou Teixeira.

Para o prefeito Cardoso Júnior, os investimentos que a Sabesp já tem feito e fará no município fazem com que “Tatuí suba de patamar na qualidade de vida das pessoas”. “Essa parceria leva crescimento para regiões que nós queríamos, viabilizando a infraestrutura adequada”, salientou.

Toda vez que um empreendimento é aprovado, ele precisa da diretriz de água. Com o sistema instalado e funcionando no local, o loteador terá a garantia de que consegue realizar o empreendimento, em função do saneamento básico. Em contrapartida, ele se responsabiliza por toda a parte de mobilidade do local.

“Estamos em diálogo com cinco investidores, que estão propondo a construção de uma ponte e uma avenida, na região da futura nova entrada da cidade. Futuramente, teremos novidades”, acrescentou Cardoso Júnior.

Sobre a Santa Casa de Tatuí

Em maio, o prefeito Cardoso Júnior esteve em São Paulo, na sede da Sabesp, para avaliar a situação das contas de água da Santa Casa de Misericórdia de Tatuí, que vivia um imbróglio desde 2014.

Na reunião, foi assinado um contrato de parcelamento das contas, que totalizavam mais de R$ 10 milhões, com um desconto de 50% em todas as prestações e nos juros, que serão pagos em 214 parcelas, o que fará com que a dívida gire em torno de R$ 5 milhões.

Na ocasião, a prefeitura assinou o contrato que classifica a Santa Casa local como uma entidade assistencial, concedendo um benefício de desconto de 50% no valor das contas de água futuras do hospital público tatuiano.

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome