Revista com J. Rizek e seus 30 anos chegam aos leitores este mês

260





Du Arantes

Rizek comemora 30 anos de  colunismo social

 

“Três décadas. Trinta anos que marcaram transformações sociais, de comportamentos e tendências em Tatuí”. A frase do editor e jornalista responsável de O Progresso, Ivan Camargo, e que abre o editorial da edição especial de O Progresso em Revista já dá o tom do conteúdo da revista do bissemanário.

A publicação é dedicada inteiramente a Jorge Roberto Rizek, abordando os 30 anos de colunismo social no periódico mais tradicional da “Capital da Música”, a serem completados em setembro deste ano. O Progresso em Revista terá distribuição no próximo sábado, 9, acompanhada da edição de 11 de Agosto, sendo entregue em bancas e, gratuitamente, para os assinantes.

Considerada a maior revista já produzida pelo bissemanário, ela conta com cem páginas e está recheada de textos assinados pela jornalista Deise Juliana de Oliveira, gerente de comunicação do Conservatório de Tatuí e amiga pessoal de Rizek.

Nove reportagens acompanham a publicação, que conta, ainda, com depoimentos de sete personalidades ligadas ao homenageado. O destaque fica para a atriz e também amiga pessoal de Rizek, Vera Holtz. Também contam fatos sobre o colunista: Mário Edson, Ana Isabel Azevedo Macedo, Luis Duarte, Marisa Vieira Grandino, Cimira Cameron e Luiz Antônio Voss Campos.

O especial foi concebido, inicialmente, como material comemorativo dos 30 anos de colunismo social de Jorge Rizek. Como explicou o editor e jornalista responsável pela publicação, durante as pesquisas e entrevistas, ele transformou-se em uma revista de comemoração à própria pessoa do colunista.

Por meio de textos e de fotos – a maioria relíquias do arquivo pessoal de Rizek –, a revista busca apresentar algumas das realizações pessoais do tatuiano. Filho da porangabense Lázara e do chileno Jorge, Rizek transformou a imprensa, a sociedade e a produção de eventos de todo o município.

Ao longo de sua carreira, ele colecionou trabalhos memoráveis que servem de referência para os atuais “promoters”. Está incluído na lista de sucessos, festas como o “Vermelho e Preto”, empreendimentos como o Tro-lo-ló, noites no 8 ou 80 e 567, eventos cívicos, casamentos, festas itinerantes e inaugurações.

Por meio de sua coluna, ele inovou com críticas à sociedade e notícias em primeira mão. O compilado de todo esse trabalho, também como reconhecimento, será entregue como especial da semana de aniversário do município.