PSF no Jd. Tóquio é tema para discursos na sessão legislativa

300
Publicidade





A notícia da implantação do programa PSF (Programa Saúde da Família) no Jardim Tóquio foi tema de discurso dos vereadores durante a sessão de terça-feira, 19.

O vereador André Norbal (PT), que participou das reuniões para a inauguração do PSF no local, junto com o Executivo e representantes do bairro, diz-se bastante contente com a concretização do programa de saúde e que a Prefeitura está providenciando a compra dos móveis e equipamentos de escritório.

De acordo com o parlamentar, o órgão público ainda analisa o prédio no qual o PSF será instalado, “para ver o que precisa ser adequado”. Ele revelou ainda que as equipes de agentes estão sendo cadastradas.

Ele disse que, no local, haverá atendimento durante o dia, com três médicos, farmacêuticos, auxiliar de farmácia e a atuação de 15 agentes comunitários.

Publicidade

A estrutura física contará, segundo Norbal, com três consultórios médicos, sala de odontologia, além de farmácia, almoxarifado, sala de vacina, inalação e local para curativo.

“Tenho uma história no bairro, porque a minha vó morou ali, depois que se mudou do Guarapó. Naquela época, ainda não tinha muita casa, e ela ainda criava cabra no local”.

O vereador Jorge Sidnei (PMDB) ressaltou que o programa PSF será “maravilhoso” para os residentes do bairro, a exemplo do implantado no Santa Rita, que “tem funcionado muito bem”, apontou o vereador.

Alexandre de Jesus Bossolan (DEM) usou a tribuna para falar dos moradores, que “sonham” há muito tempo com uma unidade de saúde. “Faço questão de visitar o bairro, temos requerimentos protocolados para melhorias no local. Todos estão de parabéns”.

Norbal finalizou o discurso com destaque sobre a participação da população, pois ela ajudou a “nortear as ações da Prefeitura”. Afirmou, ainda, que uma comissão de três moradores vai acompanhar todo o processo até o começo das atividades do PSF.


Publicidade