Projeto técnico para obras na rodovia SP-129 é autorizado

350
Publicidade





Divulgação

Alckmin anunciou obras atendendo a solicitações feitas por Marcusso e pelo ex-prefeito Gonzaga

 

O governador do Estado, Geraldo Alckmin, autorizou o DER (Departamento de Estradas e Rodagem) a contratar empresa para a elaboração de projeto executivo visando à duplicação da rodovia Gladys Bernardes Minhoto (SP-129). A informação é do ex-prefeito de Tatuí, Luiz Gonzaga Vieira de Camargo.

Em material enviado a redação do bissemanário, a assessoria de imprensa do ex-administrador municipal divulgou que as obras abrangem um trecho de, aproximadamente, 30 quilômetros, entre o quilômetro 0 (Porto Feliz) e o 29,85 (Tatuí).

Publicidade

A previsão do governo é de investir, somente na elaboração do projeto executivo, mais de R$ 3 milhões. Além do traçado da segunda pista de rolagem, a rodovia deverá receber pista de ciclovia, dispositivos de acesso e trevo no entroncamento da SP-129, com a estrada vicinal que interliga Boituva e Cerquilho.

Em março deste ano, o governador havia autorizado oito obras de melhorias para Boituva. Conforme a assessoria de Gonzaga, elas teriam sido solicitadas pelo prefeito Edson Marcusso e anunciadas por Alckmin, quando da visita à cidade vizinha.

A duplicação da SP-129 era a única que demandaria estudo técnico para a liberação definitiva do governador. O DER ficou incumbido de efetuar o estudo do projeto executivo, “cujo resultado apontou para a necessidade de duplicação”.

No pleito de duplicação, Marcusso teve o apoio de Gonzaga, atual presidente do PSDB de Tatuí. “Inclusive, em dircurso, Marcusso citou o apoio de Gonzaga para a realização da obra”, informou a assessoria do político local.

Além de divulgar a autorização do projeto executivo, o ex-prefeito afirmou que a SP-129 – que integra as cidades de Porto Feliz, Boituva e Tatuí – é uma das vias responsáveis pela ligação deles com a malha viária estadual e “outros importantes mercados do país”.

Gonzaga destacou que, somente em 2000, a rodovia foi totalmente pavimentada. Até então, o asfalto chegava “somente até o quilômetro 16,5 – na altura do Rancho dos Arcos, interligando os municípios de Porto Feliz e Boituva e sem pavimentação com Tatuí e a rodovia Castelo Branco (SP-280)”.

Mais novidade

A assessoria do ex-prefeito divulgou, ainda, outra novidade para o município. Trata-se da liberação de R$ 300 mil feita por Alckmin, no dia 25 de setembro.

Os recursos, liberados pela Casa Civil, deverão ser aplicados na infraestrutura urbana da rua Júlia de Melo Machado, no Parque Industrial, ao lado da rodovia Senador Laurindo Minhoto (SP-141).

Gonzaga informou, também, que teve as contas de 2011 (penúltimo ano da segunda gestão dele como prefeito de Tatuí) aprovadas pelo TCE (Tribunal de Contas) do Estado de São Paulo. O parecer teve divulgação feita nesta semana.

De acordo com o ex-prefeito, o tribunal aprovou por unanimidade as contas da Prefeitura durante a realização da 29a sessão ordinária, do colegiado da Segunda Câmara. O conselheiro relator foi Robson Marinho.

Gonzaga já teve aprovadas as contas no período 2005-2011. Ele aguarda, no momento, a “análise e parecer das contas de 2012”. O processo ainda está em trâmite.


Publicidade