Portadores de fibromialgia em Tatuí passam a ter atendimento prioritário

Acometidos pela síndrome devem solicitar carteira de identificação no CIR

Carteira de identificação da síndrome (Foto: Divulgação)
Da redação

Por meio da lei municipal 5.609 e do decreto municipal 25.043, os portadores de fibromialgia de Tatuí têm direito a prioridade no atendimento em repartições públicas, empresas concessionárias de serviços públicos e instituições financeiras, além dos locais já previstos em lei.

Desta forma, os acometidos pela síndrome passam a ser reconhecidos como portadores de deficiência. No entanto, para que os atendimentos prioritários sejam efetivados, a pessoa deve solicitar a carteira de identificação de pessoa portadora de fibromialgia.

O documento, expedido de forma gratuita pelo Departamento Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, da Secretaria de Saúde, é válido em todo o território municipal.

De acordo com a pasta da Saúde, desde que a lei entrou em vigor na cidade, no final de maio, já foram emitidas 14 carteiras de identificação até a terça-feira, 18.

De acordo com as diretrizes estabelecidas pela lei municipal, os locais de atendimento para os portadores da doença devem estar devidamente sinalizados com placas visíveis, indicando a prioridade de atendimento.

Os interessados devem solicitar a carteira no Centro Integrado de Reabilitação (CIR), localizado atrás da UBS central, “Dr. Aniz Boneder” (CS1/Postão), na praça Adelaide Guedes s/n, no centro, de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 14h30.

Entretanto, é preciso levar o requerimento e a declaração de veracidade da doença, que devem ser preenchidos e assinados (disponíveis no www2.tatui.sp.gov.br/downloads/decretos/25043-02-02-2024.pdf), juntamente com duas fotos 3 por 4, RG, CPF, cartão SUS, comprovante de residência em nome do solicitante e laudo médico atestado por especialista em reumatologia.

O documento comprobatório deve ter sido emitido há menos de seis meses, contendo a classificação internacional de doenças e problemas relacionados à saúde (CID). O pedido será encaminhado ao departamento responsável, para conferência. O prazo de entrega é de até 20 dias úteis.

A carteira de identificação tem validade de cinco anos, com possibilidade de expedição de nova via para atualização de dados cadastrais ou em casos de perda e extravio, mantendo-se o número original para facilitar a contagem dos solicitantes.

Informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3205-1095 ou pelo WhatsApp (15) 99197-6144.

Doença

A fibromialgia é uma síndrome clínica que se manifesta com dor no corpo, principalmente na musculatura. Junto com o desconforto, causa sintomas de fadiga (cansaço), sono não reparador (a pessoa acorda cansada) e outros como alterações de memória e atenção, ansiedade, depressão e alterações intestinais.

De acordo com especialistas, uma característica da pessoa com “FM” é a grande sensibilidade ao toque e à compressão da musculatura pelo examinador ou por outras pessoas.

Conforme dados da Sociedade Brasileira de Reumatologia, de cada dez pacientes com fibromialgia, sete a nove são mulheres. A idade de aparecimento da síndrome é geralmente entre os 30 e 60 anos. No entanto, existem casos em pessoas mais velhas e em crianças e adolescentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui