PMs apreendem R$ 5.200 com suspeito de roubo em Tatuí

Nesta segunda-feira, 13, após terem recebido informações de populares no bairro Santa Rita de Cássia, PMs compareceram à Delegacia de Polícia Civil, informando terem usado força moderada para conter um homem de 23 anos, suspeito de roubo em Tatuí.

A acusação partiu de populares, que chamaram uma viatura quando os policiais passavam pela rua Teófilo de Andrade Gama. Eles diziam que “um homem estaria nos bares da cidade ostentando dinheiro em espécie”.

Localizado pelos PMs enquanto dirigia uma motocicleta cor preta e com uma acompanhante de 21 anos, o acusado recebeu ordem de parada com sinais sonoros e luminosos, mas tentou fugir, segundo o boletim e ocorrência.

Por isso, a viatura policial acompanhou-o “em alta velocidade” e, na rua Emílio Augusto Menezes, o condutor da moto perdeu o controle e bateu na guia da calçada, ainda segundo o BO.

No documento, contém a informação de que, ao erguer-se, teria “avançado” nos militares, sendo necessário o uso de algemas para contê-lo. Um dos PMs, na ação, sofreu escoriações na mão esquerda.

Durante a vistoria, foram localizados R$ 5.200 na cintura dele, dois celulares (um Samsung A53 e um Motorola E13), uma chave falsa “mixa” e um cigarro de maconha.

A acompanhante sustentou ter pegado carona até a unidade de pronto atendimento (UPA) por estar com dores no braço – versão confirmada pelo acusado – sendo assim liberada pelos policiais.

Após atendimento na Santa Casa de Misericórdia, PMs registraram, no BO, terem ouvido o acusado dizer que “pertencia ao Primeiro Comando da Capital (PCC) e que sabia onde vários policiais moravam”.

Objetos e a moto com o lacre rompido foram apreendidos em razão de possível conexão com o roubo ocorrido em uma cerâmica do município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui