PM prende acusado de vender mais de 50 lotes ‘fantasmas’

130
Da redação

Um homem de 56 anos, acusado de praticar mais de 50 golpes em Tatuí e cidades da região, foi preso na tarde desta sexta-feira, 29, no Jardim Santa Rita de Cássia. Ele era procurado pela Justiça, suspeito de vender terrenos “fantasmas”.

De acordo com a Polícia Militar, uma viatura da radiopatrulha recebeu denúncia de que o homem, identificado como Jailton Soares de Jesus, teria fugido da cidade de Porto Feliz e estaria praticando crimes de estelionato na cidade, na região do Santa Rita.

A guarnição realizou buscas pelo bairro e encontrou o suspeito na rua Ana Ferman, após informações de um morador do local. Durante a abordagem, o homem teria tentado se passar por “Gabriel”. Contudo, confrontado pelos PMs, acabou confessando ser o procurado.

Segundo dados levantados pela Delegacia de Polícia, Soares de Jesus possuí 13 processos de estelionato e 50 boletins de ocorrência registrados contra ele. Além de Tatuí, o suspeito teria praticado golpes em Porto Feliz.

Os golpes consistiam em vender terrenos que não existem. Ao receber o dinheiro dos compradores, o homem desaparecia e não era mais encontrado pelos clientes.

Segundo a PC, o suposto estelionatário frequentemente mudava de cidade. Ele era procurado em Porto Feliz desde setembro de 2020.

Na cidade, mantinha uma imobiliária “fantasma” no bairro Santa Rita. Ele foi encaminhado à Delegacia Central, onde permaneceu preso à disposição da Justiça.